Ciro Neto e Juran Carvalho oficializam corrida eleitoral para candidaturas a deputado estadual e federal

Com a presença do senador Weverton Rocha e varias lideranças politicas dos quatros cantos do estado do Maranhão, o deputado estadual Ciro Neto realizou, na noite desta sexta–feira (01/07), um grande evento politico onde oficializou seu nome para mais quatros anos na Assembleia Legislativa do Maranhão. O evento foi realizado na sua residência na cidade de Presidente Dutra. Juntamente com Ciro, seu pai e ex–prefeito Juran Carvalho também anunciou oficialmente sua disputa à vaga na Câmara Federal.

O evento, que reuniu milhares de pessoas, contou com a presença de vários prefeitos, vereadores e diversas lideranças politicas de varias cidades do estado. Na ocasião quem também esteve prestigiando Ciro e Juran, foi o Senador Roberto Rocha (pré-candidato a reeleição ao senado federal), Erlanio Xavier (prefeito de Igarapé Grande e presidente da FAMEM), e o deputado estadual Hélio Soares (pré–candidato a vice-governador na chapa com Weverton Rocha).

O prefeito Bira do município de Graça Aranha esteve participando do evento onde falou que na politica, o homem publico tem que ter palavra, pois teve uma aliança  2020 com Ciro Neto e que está sendo mantida. “Eu costumo dizer para meus amigos que na politica tem que ter palavra, nos tivemos uma aliança o com o deputado Ciro Neto que contabilizou muito para minha eleição para prefeito, e essa aliança que foi formada em 2020 está sendo mantida”, disse Bira se referindo ao deputado Ciro como um homem de palavra.

“Foi uma honra estar recebendo os amigos que nos apoiaram em 2018 e que se tornou uma família fortalecida para esse novo trabalho, buscando um novo mandato de continuação das políticas de assistência ao nosso povo. Agora, teremos um governador de verdade, para mudar a realidade do nosso Maranhão”, disse o deputado Ciro.

“É uma alegria fazer um chamamento desses e as pessoas comparecem. Tanto eu quanto o Ciro nos sentimos felizes neste momento de lançamento da nossas candidaturas, ver nossa casa cheia, significa que as pessoas estão querendo essa vitória. Mostramos a importância dos deputados em uma região, pois o deputado aloca recursos para a melhoria dos municípios”, disse o ex-prefeito e pré-candidato a deputado federal Dr. Juran.

Deputado Josimar Maranhãozinho divulga nota sobre acidente com o filho

O filho do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), Josimar Júnior, sofreu um grave acidente na manhã deste sábado (2), na cidade de Barreirinhas ao chocar o seu quadriciclo com uma motocicleta. O acidente ocorreu em uma uma estrada que dá acesso as dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

O deputado Josimar divulgou há pouco uma nota sobre o acidente com o filho e a namorada.

Nota

Na manhã deste sábado (02), ocorreu lamentavelmente um acidente na zona rural de Barreirinhas, envolvendo nosso filho primogênito Josimar Júnior, sua namorada Anny Nascimento e um morador da cidade.

O casal que trafegava numa área permitida para passeios de quadriciclos, rota de acesso ao Parque Nacional dos Lençóis, sofreu uma colisão com uma motocicleta.

Pela graça de Deus os 03 envolvidos, apesar de ferimentos leves, estão bem e não correm risco de morte.

Agradecemos a todos pelas orações e mensagens de apoio.

Josimar e Detinha.

Roberto Rocha fala sobre encontro com Brandão

O senador Roberto Rocha falou sobre o encontro que teve com o governador Carlos Brandão, após sua chegada a São Luís depois de 44 dias em tratamento médico em São Paulo. Veja abaixo a nota publicada pelo senador.

Política não é politicagem

Muita gente se surpreendeu com meu encontro com o governador Brandão, na sua volta ao Maranhão.

É verdade, somos adversários políticos nesta eleição, mas nunca fomos inimigos.

Ao longo do seu tratamento, sempre lhe desejei o melhor. Rezei pelo seu restabelecimento. Espero, sinceramente, que ele esteja com plena saúde para enfrentar o combate político que se avizinha.

O Maranhão precisa que seus governantes estejam preparados para superar o atoleiro em que foi mantido nos últimos anos.

Estarei ao lado dos adversários de Brandão nessas eleições. Mas jamais alinharei entre aqueles que fazem da política um território de incivilidade e uma oportunidade de politicagem.

O encontro de Brandão e Roberto Rocha

A chegada do governador Carlos Brandão ao Maranhão, na tarde desta sexta-feira (1), após uma longa licença médica para tratamento de saúde em São Paulo, iniciada no dia 17 de maio, foi o assunto político mais comentado em São Luís. Familiares, assessores, correligionários e amigos foram dar boas vindas ao chefe do Executivo Estadual, que novamente, não segurou a emoção diante da calorosa recepção.

No entanto, um ilustre personagem roubou a cena, ao chegar ao recinto, chamar Brandão pelo nome e lhe dar um apertado e demorado abraço. Trata-se do senador Roberto Rocha, desafeto do ex-governador Flávio Dino e seu concorrente direto ao Senado Federal, que assim agiu, provocando surpresa e grande alvoroço.

Bastante solícito, Brandão correspondeu com o gesto fraterno de Rocha. Tanto foi assim, que Roberto e Carlos quase ensaiam um trecho da canção do rei: “Você meu amigo de fé, meu irmão camarada…“. As informações são do Hora Extra.

Veja no vídeo acima.

Fernando Braide marca presença em comunidades rurais de São Luís

O pré-candidato a deputado estadual Fernando Braide (PSC) tem intensificado a cada semana sua presença na zona rural de São Luís. Ele cumpriu agenda na região e visitou várias comunidades. Em todas elas, foi recebido com carinho pelos moradores, que declararam apoio à sua pré-campanha a uma vaga na Assembleia Legislativa.

A visita às comunidades rurais teve início pelo Tinaí, que fica localizado próximo ao antigo Aterro da Ribeira, onde a agricultura familiar é uma das principais fontes de sustento dos moradores. Inclusive, essa foi uma das pautas tratadas por Fernando Braide durante a reunião com lideranças da localidade.

“Poucas pessoas sabem, mas a agricultura familiar é de grande importância para garantir a segurança alimentar e nutricional de nós maranhenses e é por isso que precisamos trabalhar cada vez mais para incentivar essa produção, que gera renda para quem mais precisa, contribui para a saúde do povo e ainda ajuda o meio ambiente”, disse Fernando Braide.

A presidente da União dos Moradores do Tinaí, Teresa Dutra, abraçou a pré-candidatura de Fernando Braide a deputado estadual enfatizando que ele será mais um apoio importante para o desenvolvimento da comunidade de agricultores. “A gente precisa de alguém como o Fernando pra ajudar a nossa comunidade. Aqui, a gente tem muito projeto pra desenvolver o bairro, pra fortalecer a nossa agricultura familiar e ninguém melhor que o irmão do prefeito pra estar do nosso lado”.

Após o encontro com lideranças do Tinaí, Fernando Braide fez breve passagem nas vilas Maracujá – onde também encontrou moradores do Residencial 2000 – e Romário, cumprimentando, dialogando e recebendo o apoio dos moradores. “Sei que você vai fazer um bom trabalho igual ao prefeito Braide está fazendo e por isso tem meu apoio”, disse a dona de casa Maria da Conceição Silva, ao cumprimentar o pré-candidato a deputado estadual.

Finalizando a quarta-feira de encontros com os ludovicenses da zona rural, Fernando se dirigiu à Vila Valian, onde teve recepção calorosa dos moradores. Na ocasião, o pré-candidato a deputado estadual dialogou com os moradores sobre as demandas daquela comunidade e agradeceu o apoio de todos que acreditam no seu projeto político para um Maranhão mais justo e melhor.

Braide apresenta potencial econômico de São Luís em encontro com o presidente da Toyota no Brasil

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, recebeu, nesta sexta-feira (1º), o presidente da empresa fabricante automotiva Toyota no Brasil, Rafael Chang, no Palácio La Ravardière, sede do Executivo Municipal. O encontro teve como objetivo apresentar os potenciais econômicos e de investimentos da capital maranhense.

“Apresentamos ao presidente da Toyota no Brasil, Rafael Chang, as nossas potencialidades e tudo aquilo que a nossa cidade tem de atrativo econômico e turístico. Essa é a perspectiva: trazer cada vez mais investimentos para São Luís, gerar emprego e renda e sermos a cidade das oportunidades”, destacou o prefeito Eduardo Braide que, na ocasião, apresentou vídeo sobre as potencialidades da cidade, com ênfase nos projetos, obras e investimentos da gestão em São Luís”.

O encontro contou com a presença do senador Roberto Rocha (PTB); do deputado federal Josivaldo JP (PL); do deputado estadual, Hélio Soares (PL); do vereador Álvaro Pires (PMN).

O presidente da Toyota, Rafael Chang, disse que a empresa acredita muito no Brasil. “Estamos há mais de 70 anos no país e sempre olhando para oportunidades de investimento. A indústria automotiva está experimentando uma mudança muito forte com a mobilidade e a eletrificação. Para nós é uma oportunidade de conhecer São Luís e entender o potencial econômico da cidade”, enfatizou.

O senador Roberto Rocha falou da importância de trazer o representante da multinacional para a reunião com o prefeito Eduardo Braide e apresentou a Zona de Exportação do Maranhão (Zema) e os potenciais logísticos do Porto do Itaqui. “O Maranhão está preparado para um processo de industrialização, e é chegada a hora, mais do que nunca, desse momento. O estado do Maranhão dispõe da Zema, e mostramos todos os atrativos internacionais que a cidade tem para poder receber esses investimentos aqui em São Luís” disse o senador.

Visita à EMAP

Após a reunião na Prefeitura, uma comitiva formada pelo prefeito Eduardo Braide, o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago e outras autoridades acompanharam o presidente da Toyota em uma visita às áreas de exportações do Porto do Itaqui, que conheceu a localização geográfica e a movimentação do Complexo Portuário.

Participaram, também, da agenda com o grupo Toyota em São Luís, o gerente de assuntos governamentais da empresa, Bruno Ambrósio; o capitão da Capitania de Portos, Alexandre Januário; o vice-presidente da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), Cláudio Azevedo; o reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Natalino Salgado; o reitor do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Carlos César Teixeira; o diretor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Raimundo Nonato Arruda; além dos secretários David Col Debella (Semosp); Verônica P. Pires (Semispe); Igor Almeida (Comunicação) e o presidente da Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Amdes), Felipe Mussalém.

Depois de criticar Flávio Dino, prefeito volta atrás, reconhece trabalho e declara apoio ao socialista ao Senado

O prefeito de Turiaçu, Edesio Cavalcanti (Republicanos), declarou apoio à candidatura do ex-governador Flávio Dino(PSB) ao Senado.

Há cerca de dois meses, Edesio criticou, em público, Flávio Dino por, segundo ele, não ter ajudado o município como deveria.

Agora, o prefeito reconhece o equívoco e injustiça que cometeu e diz que Dino “sempre abraçou o povo de Turiaçu”. Acusado de não ter uma boa relação com a classe política pelos adversários, o ex-governador segue recebendo apoio de vários prefeitos, inclusive daqueles que não apoiam a reeleição do governador Carlos Brandão.

Veja nos dois vídeos acima.

Braide assina ordem de serviço do projeto de pavimentação asfáltica de vias rurais “Caminhos da Produção”

O prefeito Eduardo Braide assinou, na manhã desta sexta-feira (1°), no Porto do Arraial, na Zona Rural de São Luís, a ordem de serviço do projeto de pavimentação asfáltica de vias rurais “Caminhos da Produção”. O projeto vai viabilizar 14km de asfalto, beneficiando cinco trechos de escoamento da produção nas comunidades de Parque Anajatiua, Arraial, Coquilho 2, São Joaquim e Tinaí.

“Hoje é dia de dar essa boa notícia de que em pouco vai chegar o asfalto aqui na comunidade Arraial. Essa obra vai ajudar mais de mil famílias a escoar suas produções de pescados, milho, feijão e arroz, entre outros grãos. Agradecemos a sensibilidade do senador Roberto Rocha, que destinou uma emenda para a primeira etapa dos serviços e com isso vamos poder entregar mais obras para a nossa Zona Rural”, garantiu Eduardo Braide.

Participaram do evento, o diretor de infraestrutura da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Antônio Rozendo; o senador Roberto Rocha (PTB); o deputado estadual, Hélio Soares (PL); o secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Liviomar Macatrão; e o subprefeito da Zona Rural, Dilmar Araújo.

A emenda destinada pelo senador Roberto Rocha é da ordem de R$ 9,8 milhões, que serão usados para melhorar a infraestrutura de cinco trechos em vários pontos da Zona Rural de São Luís. “Só se gera riqueza produzindo, mas a produção precisa de infraestrutura, de logística e o prefeito Eduardo Braide tem trabalhado e muito pela Zona Rural; por isso temos certeza que esse projeto vai beneficiar nossos produtores rurais da ilha”, frisou o senador.

Para o diretor de infraestrutura da Codevasf, a estruturação de atividades produtivas promove inclusão econômica e social, melhorando a vida do cidadão. “Fico feliz em ver a emoção dos produtores em saber que terão como escoar seus produtos e São Luís pode contar sempre com a Codevasf para projetos dessa importância para a cidade”, garantiu Antônio Rozendo.

Para o secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, o projeto ‘Caminhos da Produção’ vai garantir o escoamento de toda a produção e gerar trabalho e renda aos moradores da região. “Colocar o projeto em prática significa melhorias das vias de acesso para escoar a produção de São Luís e mais renda aos produtores”, pontuou Liviomar Macatrão.

Emocionada, Sâmara Tanabi, diretora da Casa do Trabalhador Rural do Quebra-Pote, falou da felicidade em saber que, agora, a comunidade terá condições de escoar sua produção. “É um sonho de décadas ter asfalto aqui, pois vai melhorar não só o escoamento de pescados, feijão e milho, mas também a vida de todo mundo, o transporte e a qualidade de vida é nós só temos a agradecer ao prefeito Eduardo Braide que faz a Zona Rural ter a atenção que precisa ter”, destacou a diretora.

Estiveram presentes também, os secretários municipais de Administração (Semad), Diego Rodrigues; de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella; de Informação e Tecnologia, Felipe Falcão; o secretário adjunto da Semapa, Ashbel Muniz; e o vereador Álvaro Pires (PMN).

Dra. Cleide Coutinho destaca amizade e lealdade com Flávio Dino e diz que sua missão será elegê-lo ao Senado

O encontro emocionado de duas lideranças políticas, que sempre estiveram juntas, com lealdade e profunda amizade na batalha política assim como na vida pessoal.

A deputada estadual Dra. Cleide Coutinho (PSB) reuniu alguns amigos e familiares, para, em sua casa de Caxias, reafirmar seu apoio à pré-candidatura ao senado federal do seu parceiro político de décadas, o ex-governador Flávio Dino.

O encontro aconteceu na mesma sala, onde o saudoso deputado estadual Humberto Coutinho traçou junto com Flávio Dino, estratégias que levaram o ex-governador à vitória em 2014.

Dra. Cleide, muito emocionada, afirmou “Flávio jamais te abandonarei, e com todo o meu peso político e eleitoral trabalharei para que o povo maranhense te eleja para o Senado da República. Esta será minha principal missão neste pleito eleitoral e com certeza realizo o desejo do meu amado e saudoso Humberto, que sempre foi leal a você”, disse.

Flávio Dino, também muito emocionado, disse: “recordo-me de inúmeras reuniões que fiz nesta mesa com o nosso saudoso e querido Humberto, a quem mais uma vez agradeço tudo que fez pela minha caminhada política, seja para me eleger deputado federal, assim como governador. Você minha amiga Cleide, é a melhor tradução desta amizade que jamais deixarei de honrar”, afirmou.

Ainda em Caxias, Flávio Dino recebeu o apoio da a pré-candidata a deputada Claudia e do prefeito Ferdinando Coutinho, de Matões. “Uma alegria reencontrá-los e mais uma vez homenagear a memória do saudoso líder e amigo Humberto”, declarou Dino.

Glalbert Cutrim garante mais avanços em Coelho Neto

Amigos há muito tempo e aliados políticos desde a campanha de 2020, quando percorreram as ruas de Coelho Neto até a vitória de Bruno Silva (PP), a parceria com o deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT) segue rendendo bons frutos para a população do município.

Nesta quinta-feira (30), Glalbert Cutrim e Bruno Silva, acompanhados dos vereadores e de todo o grupo político, estiveram nos povoados Brejinho e Piranhas, na zona rural do município, levando mais benefícios para população.

“Realizamos a entrega dos dois sistemas de abastecimentos de água, sonho antigo dos moradores, que agora virou realidade graças a união de forças e muito trabalho desse grupo que tem transformado a realidade de Coelho Neto”, destacou Glalbert.

Glalbert Cutrim é o pré-candidato a deputado estadual do prefeito Bruno Silva, e deve obter a maior votação na eleição marcada para outubro.

Themis Pacheco é reconduzida à chefia da Corregedoria Geral do MPMA

Em solenidade realizada na manhã desta sexta-feira, 1º, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, em São Luís, a corregedora-geral do Ministério Público do Maranhão, Themis Maria Pacheco de Carvalho, foi reconduzida ao cargo para o biênio 2022-2024. A cerimônia foi prestigiada por autoridades do Poder Judiciário, Executivo, instituições do sistema de justiça, além de membros e servidores do MPMA.

Os atos protocolares da sessão solene de recondução foram iniciados com a entrada dos membros do Colégio de Procuradores de Justiça. Em seguida, a empossada prestou o juramento e a secretária do órgão, procuradora de justiça Flávia Tereza de Viveiros Vieira, fez a leitura do Termo de Posse, que foi assinado por Themis Pacheco de Carvalho e pelo procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau.

O presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem), Gilberto Câmara, destacou a preocupação com a perspectiva de alterações legislativas que modifiquem a movimentação na carreira. “Temos a convicção que a nossa corregedora-geral, nossa associada, que ora é reconduzida para o segundo biênio tem uma grande contribuição a dar nesse processo todo e, conhecendo a sua trajetória profissional, não se furtará em participar ativamente dele”.

DISCURSO

Ao iniciar seu discurso, Themis Pacheco de Carvalho agradeceu a cada um dos que votaram nela, demonstrando confiança e aprovação no trabalho desenvolvido nos dois anos do primeiro mandato. A corregedora recebeu 26 votos dos 30 possíveis. Ela igualmente agradeceu a todos os promotores e promotoras de justiça que compõem a equipe e a cada um dos servidores da Corregedoria. “Sem o inestimável auxílio e suporte de todos nada teria sido feito”, ponderou.

A corregedora enfatizou os desafios impostos pela pandemia da Covid-19 e a adoção de novos procedimentos e metodologias institucionais, incluindo os instrumentos e recursos digitais. “No primeiro mandato, firmamos as diretrizes da orientação e do permanente diálogo com membros e órgãos da administração superior, ao abrigo do Projeto Minerva, por nós instituído, compreendendo que juntos devemos enfrentar comuns desafios com o fim de bem cumprirmos nossa missão constitucional”.

Dentre os instrumentos e recursos adotados pela chefe da Corregedoria do MPMA estão as correições virtuais, oficinas de orientação prévia aos procedimentos correicionais, nova disciplina aos acordos de não persecução penal, diálogo com a Corregedoria Judicial, atualização das normas de movimentação funcional meritória e aperfeiçoamento dos plantões ministeriais.

“Em todos esses temas demos nossa contribuição material, trabalhando preventiva, pontual e diuturnamente nos conflitos institucionais e interinstitucionais”, enumerou Themis Carvalho.

Em relação aos desafios para os próximos dois anos, a corregedora citou o desejo de consolidar, em cooperação com a administração superior, o efetivo aperfeiçoamento dos sistemas de gestão da informação, fortalecer os procedimentos de auto-correição e de permanente autoavaliação dos membros do MPMA, com aplicação de instrumento metodológico específico.

“No campo das orientações funcionais desejamos que a cultura do combate às violências institucionais de gênero, o controle de convencionalidade e os desafios postos pelas recentes alterações à lei de combate à improbidade sejam elementos constantes que condicionem a nossa atuação de defensores da ordem jurídica e constitucional”, finalizou.

Também compuseram a mesa de abertura o presidente em exercício do Tribunal de Justiça, desembargador Marcelino Chaves Ewerton; o presidente do Conselho Nacional dos Corregedores-Gerais dos Estados e da União, Cláudio Wolff Harger; a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, Ângela Salazar; o vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região, Gerson de Oliveira Costa Filho; o corregedor-geral da Defensoria Pública do Estado do Maranhão, Aldy Mello Filho; o procurador-geral do Município de São Luís, Bruno Duailibe, representando o prefeito Eduardo Braide; e o secretário-geral-adjunto da OAB Maranhão, Vandir Fialho Júnior.

MDB escolhe conselho político de Tebet sem representante do Nordeste; Roseana e Sarney de fora

O MDB definiu nesta semana os nomes que indicará para o conselho político da campanha da senadora Simone Tebet (MDB-MS) à Presidência da República nas eleições de 2022.

Dos seis nomes escolhidos, porém, não há nenhum do Nordeste, região em que a maioria dos diretórios emedebistas têm demonstrado preferência por apoiar o ex-presidente Lula (PT). É o caso da ex-governadora Roseana Sarney, presidente do MDB do Maranhão, e do pai, o ex-senador José Sarney, que ficaram de fora e ainda não se posicionaram em relação à disputa presidencial, mas não têm demonstrado empolgação com o nome de Tebet.

Em entrevista à emissora de sua propriedade, Roseana disse que o desempenho de Simone Tebet está sendo analisado.

“O MDB nacional está apostando na candidatura da Simone Tebet, ela é uma mulher preparada, que tem ideias, uma representante que iria dar certo no nosso país, mas eu acho que saímos um pouco atrasado nessa disputa. De qualquer maneira, o MDB está lutando para que a Simone fique conhecida. Ela é uma pré-candidata, vamos torcer para que ela possa estabelecer a candidatura dela. Está sendo estudado qual o desenvolvimento da candidatura dela dentro do contexto brasileiro”, afirmou Roseana.

Os seis escolhidos para o conselho político de Tebet foram o ex-ministro Carlos Marun (MS); o senador Confúcio Moura (RO); os deputados Newton Cardoso Júnior (MG) e Dulce Miranda (TO); o ex-senador José Fogaça (RS) e Kátia Lobo (RJ), do MDB Mulher.

Alcoolizado, prefeito do MA paga mico em palco de São João

O jovem prefeito de São João do Caru(MA), Bruno Cardoso, conhecido como Peteca, protagonizou cenas lamentáveis e vergonhosas durante o festejo de São João da cidade.

Alcoolizado, o prefeito pegou o microfone e começou a desrespeitar os presentes e ainda faz insinuações descabidas no palco.

Veja no vídeo acima.

Othelino e Ana Paula participam da inauguração do Cais de Parnarama

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, nesta quinta-feira (30), da inauguração do Cais Juarez Nunes Leal, no município de Parnarama. Acompanhado da sua esposa, Ana Paula Lobato, e do prefeito Raimundo Silveira, o parlamentar destacou a importância da obra de urbanização da beira-rio da cidade, concretizando um sonho antigo da população.

O Cais é um importante ponto de travessia de veículos em transportes marítimos de Parnarama, no Maranhão, para Teresina, no Piauí, e vice-versa. Com a urbanização, o local também se transformou em um cartão-postal e ponto turístico da cidade.

Na ocasião, Othelino Neto afirmou que essa é mais uma importante obra entregue pela gestão municipal, que se soma a muitas outras ações executadas pelo prefeito Raimundo Silveira, muitas delas em parceria com o seu mandato parlamentar.

“Uma obra que, certamente, será bastante utilizada pela população, assim como as outras já executadas no município, como a unidade básica de saúde, a pavimentação de ruas e a construção de escola. E nós temos tido a satisfação de utilizar nosso mandato para destinar emendas parlamentares e, assim, também ajudar a cidade”, afirmou o chefe do Legislativo maranhense.

Ana Paula Lobato falou da satisfação em ver o prefeito Raimundo Silveira cercado de boas parcerias para o desenvolvimento do município. “Ele está sempre buscando melhorias para a cidade e quem ganha com isso é o povo de Parnarama”, afirmou a primeira-dama do Legislativo.

Também presente ao evento, o deputado federal Rubens Júnior (PT) destacou o empenho do prefeito Raimundo Silveira para promover o desenvolvimento de Parnarama. “Ele trabalha muito pelo povo. Aqui, todo mês tem inauguração de obras importantes, como esse belíssimo Cais que, agora, é um ponto turístico e ainda vai contribuir na geração de renda”, disse.

Parceria

Othelino Neto já indicou serviços públicos e destinou emendas parlamentares a Parnarama, que contribuíram para a execução de obras nas áreas da saúde e infraestrutura, tanto na sede como na zona rural do município.

O prefeito Raimundo Silveira agradeceu a parceria do chefe do Parlamento Estadual para a concretização de ações importantes, que têm alavancado o desenvolvimento da cidade.

“Ele tem nos ajudado muito. Parnarama é uma das cidades que mais tem obras, justamente por conta desse trabalho e união de esforços em benefício da população”, declarou.

Governo do Estado negocia voo charter ligando Maranhão a Portugal

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur-MA), avançou nas negociações com a companhia aérea TAP Air Portugal, para operação de voos ligando Maranhão a Portugal.

Durante reunião realizada nesta quinta-feira (30), em São Paulo, o diretor de operações do Brasil e da América do Sul da TAP, Carlos Antunes, revelou o interesse da companhia na realização de voos do tipo charters (fretados), interligando os dois destinos.

A previsão inicial é que as operações comecem no final de 2022 ou na metade do ano que vem.

“Por determinação do governador, Carlos Brandão, e do secretário de Turismo, Paulo Matos, tivemos uma reunião excelente e bastante proveitosa com a direção da TAP no sentido de viabilizar esse voo. Solicitamos uma proposta para operação e estamos no aguardo para a definição desse acordo”, destacou o secretário adjunto, Hugo Veiga.

Brandão anuncia que teve alta médica e retorno ao MA

O governador Carlos Brandão(PSB) anunciou que recebeu alta médica e que retorna ao Maranhão nesta sexta-feira(1).

Após ser submetido a uma cirurgia para a retirada de um cisto nos rins no hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, Carlos Brandão aguardava a liberação da linfa pelo seu organismo, processo feito por meio de um dreno. Brandão esperava a retirada do dreno e estancamento das secreções que o impossibilitavam de ter alta.

Por recomendação médica, o governador Carlos Brandão cumprirá agenda de forma reduzida e sem viagens, por enquanto.

O período de licença de Brandão se encerrou hoje.

TSE reafirma que cada partido de uma federação deve cumprir individualmente o mínimo de 30% de candidaturas femininas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reafirmou nesta quinta-feira que cada partido de uma federação partidária deve cumprir individualmente o mínimo de 30% de candidaturas femininas nas eleições proporcionais, ou seja, para deputado. A decisão foi uma resposta à consulta da federação formada por PT, PV e PCdoB, que queria saber se esse percentual poderia ser cumprido globalmente pela federação, permitindo que um ou mais partidos do grupo tivesse um número de candidaturas abaixo desse patamar.

Assim, se cada partido lançar dez candidatos, por exemplo, todos terão que ter, cada um, pelo menos três candidaturas femininas. E a federação como um todo, que terá um total de 30 candidatos, deverá ter ao mínimo nove. Não será possível, por exemplo, que um partido tenha duas candidatas, outro três e outro quatro para totalizar as mesmas nove candidaturas femininas.

O relator, o ministro Mauro Cambpell, citou a resolução, aprovada pelo TSE em dezembro do ano passado, para negar a consulta. O texto diz: “Na eleição proporcional, o percentual mínimo de candidaturas por gênero deverá ser atendido tanto globalmente, na lista da federação, quanto por cada partido, nas indicações que fizer para compor a lista”.

A decisão nesse ponto foi unânime. A ministra Cármen Lúcia disse:

— Se fosse apenas a federação, teríamos a possibilidade de esvaziamento, uma fraude um pouco informal de não se dar cumprimento a uma ação afirmativa.

A federação do PT, PV e PCdoB também perguntou como seria o cálculo caso um partido dentro da federação lance apenas um candidato, mas o TSE sequer analisou a questão. Apenas o presidente da Corte, o ministro Edson Fachin, analisou esse ponto. Ele votou para que, nesse caso, a candidatura única seja feminina.

As federações foram criadas por meio de uma lei aprovada pelo Congresso no ano passado. Diferentes siglas poderão formar uma só agremiação, inclusive nos processos de escolha e registro de candidatos para eleições majoritárias — presidente, governador, prefeito e senador — e proporcionais — deputados e vereadores — e no cumprimento das cláusulas de desempenho. O ato beneficia as pequenas legendas, que, sozinhas, poderiam ser atingidas pela cláusula de barreira.

Uso do pix

O TSE começou a julgar outra consulta, sobre o uso do pix nas campanhas. A Corte já havia autorizado a utilização da ferramenta para receber doações, desde que a chave usada seja o CPF. O PSD questionou se poderiam ser usadas outras chaves, como o telefone. Nesta quinta-feira, os ministros Sérgio Banhos e Carlos Horbach votaram para permitir, dizendo ser possível identificar o doador. Já os ministros Alexandre de Moraes e Cármen Lúcia foram contra.

— É possível rastrear, mas não é automaticamente identificado o autor — disse Moraes, acrescentando: — Devemos ter desde o início total transparência sobre quem vai doar.

O julgamento será retomado na sessão de sexta-feira, a última antes do recesso de julho. Faltam os votos dos ministros Mauro Campbell, Benedito Gonçalves e do presidente da Corte, Edson Fachin. (O Globo)

Roseana diz que há tendência do MDB apoiar Brandão, mas decisão será tomada até as convenções

Pré-candidata a deputada federal, a ex-governadora Roseana Sarney disse que o MDB deverá bater o martelo sobre seus candidatos na disputa majoritária até as convenções partidárias, no fim de julho. A filha de José Sarney, porém, adiantou que há uma tendência do partido apoiar a reeleição do governador Carlos Brandão(PSB).

“Há uma tendência do partido, veja bem, não é uma tendência minha, em acompanhar o governador Brandão para a sua reeleição. Não está decidido, vamos fazer outras reuniões. Até as convenções estaremos em debate dentro do partido para tomarmos um posicionamento”, afirmou Roseana, em entrevista a TV Mirante, nesta quinta-feira(30).

Postulante a uma vaga na Câmara Federal, Roseana disse que o MDB do Maranhão estará engajado em eleger o maior número de deputados federais e estaduais. “Estamos atrás dessa nossa eleição para que a gente tenha uma representação bastante expressiva na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa”, declarou.

Em relação à candidata do MDB à Presidência da República, senadora Simone Tebet, a ex-governadora Roseana Sarney disse que o desempenho dela está sendo analisado.

“O MDB nacional está apostando na candidatura da Simone Tebet, ela é uma mulher preparada, que tem ideias, uma representante que iria dar certo no nosso país, mas eu acho que saímos um pouco atrasado nessa disputa. De qualquer maneira, o MDB está lutando para que a Simone fique conhecida. Ela é uma pré-candidata, vamos torcer para que ela possa estabelecer a candidatura dela. Está sendo estudado qual o desenvolvimento da candidatura dela dentro do contexto brasileiro”, afirmou Roseana.

Lahesio diz que votará em Bolsonaro, mas não espera ter o apoio do Presidente no MA: “quem dera eu pudesse ser o candidato”

Em entrevista a jornalistas na cidade de Timon, o pré-candidato a governador Lahesio Bonfim(PSC) disse que votará no presidente Bolsonaro e que desejaria ter o seu apoio no Maranhão, mas não espera por isso. “Quem dera eu pudesse ser o candidato[do Bolsonaro]”, afirmou.

“Eu nunca neguei minha essência, que é conservadora (…) Eu vou votar no Bolsonaro, eu sou eleitor convicto, eu sou conservador. O nosso foco é o estado do Maranhão”, disse.

Lahesio disse que não espera uma declaração de apoio de Bolsonaro e ponderou que respeita quem votará em outros candidatos a presidente da República.

Veja no vídeo acima.

Prefeituras devem receber R$ 2,8 bilhões nesta quinta-feira; MA tem cidade com FPM bloqueado

Os municípios brasileiros vão receber, nesta quinta-feira (30), cerca de R$ 2,8 bilhões referentes ao terceiro decêndio de junho do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Esse recurso é repassado pela União às prefeituras, a cada dez dias, e corresponde a 22,5% do que é arrecadado com o Imposto de Renda (IR) e com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Na avaliação do especialista em Orçamento Público Cesar Lima, trata-se de uma medida que contribui de maneira significativa para o desenvolvimento dos municípios, sobretudo daqueles que dependem de forma expressiva desse recurso. Por isso, ele orienta que os gestores apliquem esse dinheiro da melhor forma possível.

“Houve um ligeiro aumento do decêndio anterior para este, provavelmente pela época do mês, que pega a fase do mês com maior movimentação de tributos. Existem municípios que dependem quase exclusivamente do FPM, devido ao seu baixo dinamismo econômico. Então, é importante que os prefeitos saibam usar com muita consciência esses recursos que estão entrando agora”, pontua.

De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional, até esta segunda-feira (27), 52 municípios estavam bloqueados e, portanto, não devem receber o repasse do FPM, se não regularizarem suas pendências. No Maranhão, o município de Magalhães de Almeida está bloqueado desde o dia 13 de junho deste ano.

Para desbloquear o repasse, o município deve identificar o órgão que determinou o congelamento. Em seguida, deve conhecer o motivo e regularizar a situação.

“Geralmente são problemas previdenciários ou falta de pagamento de empréstimo verificado pela União. Então, a dica é tentar renegociar essas dívidas para que volte a ter o recebimento do FPM”, orienta Cesar Lima.

FPM
As transferências do FPM aos municípios ocorrem nos dias 10, 20 e 30 de cada mês. Caso a data caia no sábado, domingo ou feriado, o repasse é antecipado para o primeiro dia útil anterior.

Fonte: Brasil 61

Arraiais juninos e tradicional festa a São Pedro fazem parte da agenda de Fernando Braide, pré-candidato a deputado estadual

Junto a centenas de pessoas, Fernando Braide esteve com o irmão, Eduardo Braide, no São João no Bairro do Cohatrac

Fernando Braide, pré-candidato a deputado estadual pelo Partido Social Cristão (PSC), defende a cultura maranhense e tem aproveitado os arraiais juninos para demonstrar admiração pelas manifestações locais e para estar mais próximo da população, com quem tem intensificado o diálogo dia após dia. Na última terça-feira (28), prestigiou eventos realizados pela Prefeitura de São Luís, apoiados por vereadores e do tradicional encontro de bumba-boi no Largo da Capela de São Pedro, na Madre Deus.

“Foram dois anos sem a nossa maior expressão cultural, que é o São João. Agora, mais que se admirar e encantar com as apresentações, participar dos arraias representa, principalmente, uma maneira de estimular esse segmento tão importante para o nosso estado, potencializando o turismo, gerando emprego, renda e alegra o nosso povo”, ressalta o pré-candidato a deputado estadual pelo Partido Social Cristão.

Fernando Braide, pré-candidato a deputado estadual e o vereador Marcos Castro estiveram no arraial do bairro Pão de Açúcar

A rodada de visitas aos arraiais ludovicenses foi iniciada no Parque do Bom Menino, na festança promovida pelos servidores da Secretaria Municipal de Desporto e Lazer, onde Fernando foi recebido pelo secretário Ricardo Diniz. Em seguida, o pré-candidato a deputado estadual passou pelo Arraial da Saúde, realizado pela superintendência de ações em saúde de São Luís, também no parque municipal, e pelo arraial da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, organizado pelo secretário Diego Baluz, na sede do órgão.

Fernando Braide também marcou presença no Arraial “Balança, mas não cai”, realizado no Pão de Açúcar com o apoio do vereador Marcos Castro. Na localidade, reencontrou conhecidos, pessoas que declararam apoio à sua pré-candidatura e que acreditam em seu projeto para uma Assembleia Legislativa mais atuante e preocupada em representar os interesses de quem vive no Maranhão.

Na capela de São Pedro, Fernando Braide se juntou às milhares de pessoas que homenagearam o padroeiro dos pescadores na madrugada desta quarta-feira (29)

Ao fim de sua passagem pelo arraial junino apoiado pelo vereador Marcos Castro, Fernando Braide se dirigiu ao Cohatrac, onde encontrou com o irmão e prefeito de São Luís, Eduardo Braide, e prestigiou mais uma edição do São João no Bairro. Na ocasião, ele cumprimentou os moradores que foram até a Praça Nossa Senhora de Nazaré para assistir às apresentações culturais, os quais demonstraram apoio às suas principais bandeiras políticas: saúde de qualidade e mais políticas públicas para o enfretamento do câncer. Na ocasião, também encontrou com os vereadores Silvana Noely (PTB) e Thyago Freitas (PL).

Encerrando a noite, o pré-candidato a deputado estadual Fernando Braide foi até a Capela de São Pedro, na Madre Deus, região central de São Luís, e acompanhou a grande e tradicional festa que acontece naquele largo durante a noite do dia 28 de junho e adentra a madrugada do dia 29. Entre as milhares de pessoas que se reuniram para a retomada do evento após dois anos de pandemia, Fernando abraçou apoiadores e, junto deles, rogou ao santo considerado protetor dos pescadores.

Influenciador critica São João da Thay: ‘Nunca me senti tão humilhado’

O influenciador maranhense Francisco Garcia criticou o evento de Thaynara OG

O influenciador maranhense Francisco Garcia criticou o São João da Thay, evento da também influenciadora Thaynara OG.

“Tem 12 anos que eu trabalho com internet e nunca me senti tão humilhado ao participar de um evento como foi o São João da Thay. Nada a ver com ela, que talvez nem saiba da assessoria e organização péssima que ela colocou nesse evento”, escreveu nos Stories do Instagram.

Francisco contou que foi convidado por Thaynara, que lhe mandou uma mensagem direta e até pediu que ele mandasse áudio confirmando presença. Ao chegar em São Luís, no entanto, ele não foi convidado para o jantar que precedeu a festa.

“Aí meus seguidores perguntaram para mim ‘Francisco, por que tu não foi no jantar dos convidados?’ […] e eu disse ‘a gente não foi convidado pela produção dela'”, contou em vídeos no Instagram.

Francisco relata que Marcela, uma das produtoras da festa, foi até ele “muito alterada” perguntar porque ele estava falando mal do evento.

“Sabe o que ela disse na frente da minha mãe e dos seguidores que a gente tava atendendo? ‘Eu não te chamei para o jantar porque o jantar não era para você, se eu te chamar, eu tenho que chamar todas as outras pessoas que são do Maranhão e eu tenho que alimentar 500 pessoas'”

“Na hora eu fiquei com vontade de ir embora da humilhação que ela fez, de falar assim. Quer dizer que o evento é só para quem é de fora do estado?”, questionou o influenciador.

Mais uma vez, ele ressaltou que o problema não foi com Thaynara. “Pelo contrário, ela nos tratou super bem, mas muito mal assessorada”.

Ele ainda alegou que o espaço reservado para os artistas do Maranhão era diferente do espaço reservado a artistas de outros estados.

Francisco agradeceu o convite e deu um recado para a conterrânea: “Que na próxima você possa colocar pessoas mais competentes e mais humanizadas, que não haja tanta diferença. Eu vi diversas artistas do Maranhão com uma mega diferença de tratamento dos artistas que vieram de fora”. Com informações do UOL

Desorganização

São João da Thay: Francisco Garcia alegou que o espaço reservado para os artistas do Maranhão era diferente do espaço reservado a artistas de outros estados.

O advogado e gestor público Manoel Veloso usou as redes sociais para também relatar a desorganização do São João da Thay.

“A ideia é ótima, a Thaynara OG é incrível. Pena que o evento deixou muito a desejar. Eram dois tipos de ingresso para única entrada, sem nenhuma sinalização. Pensamos que qualquer fila serviria para qualquer ingresso. Mas não. E os atendentes estavam despreparados. Tive que trocar de fila 3 vezes para conseguir entrar no evento. Ninguém sabia dizer por onde entrar. Quanto a oferta de bar, tinham poucas ilhas de atendimento para o porte do evento. Mas o problema mesmo foi preço. Muito desproporcional. R$ 9 por uma lata de Devassa de 350ml. R$ 6 uma água. R$ 30 um drink. Se quisesse combo de cerveja, precisava ALUGAR UM BALDE por R$ 10”, disse.

Manoel Veloso continuou: “Não para por ai. Muitos atendentes incluíram uma suposta TAXA DE SERVIÇO em algumas compras, no valor de R$ 5. Alegavam que “precisavam tirar o deles também”. Foram poucas opções de comida para o porte do evento. E estrutura irrisória para a demanda. Fora que a estrutura tava realmente ruim, tanto que alguns balcões estavam dando choque em quem encostava. Um perigo! Aproveitando o papo sobre eletricidade, muita fiação cortando os corredores do evento. A área de alimentação estava entrecortada com fios grossos. Até que alguns estavam protegidos, mas eram estruturas sem sinalização alguma. Muita gente quase caiu”, contou.

O advogado ainda criticou a parte de alimentação e banheiros disponibilizados. “Ainda sobre a área de alimentação, pouquíssimas cadeiras. Pouquíssimas mesmo. Era disputado. Muita gente sentada no chão, escorada em qualquer lugar, para comer. Parecia cena de fim de festival. Mas era um evento fechado de proporções bem inferiores a um Lollapalooza. E ainda tinha uma estrutura de banheiros logo ao lodo da praça de alimentação. Faz sentido ser próximo sim, mas o fedor do banheiro acompanhava o hambúrguer. Triste. Ah, e os banheiros eram MUITO escuros. A área toda. Sem lanterna do cel era impossível enxergar o buraco do vaso. Sobre a área de shows, o Front não era Front. Era, no máximo, vista lateral. BEM lateral. E tava quente. Muito quente. O multicenter é abafado, sabemos. Mas não usar os vaporizadores num evento desse porte foi amadorismo e despreparo”, assinalou.

As falhas na transmissão e nos shows também foram notadas por Manoel Veloso. “Mas o abandono seguiu e tivemos muitos momentos de silêncio total no palco. Silêncio esse que perdurou por 40 minutos, atrasou toda a agenda, atropelou shows e esculhambou a plateia. Lucy Alves foi gigante segurando todo o atraso, mas tocou por mais de hora. Após Juliette, Barrica e Felipe Araújo (e os atrasos e abandono de palco), ninguém aguentava mais. Eu fui para ver Glória Groove. Não aguentei e pedi arrego às 3 da manhã. Não fazia sentido ficar sentado no chão, sentindo o fedor de banheiro químico, passando muito calor e bebendo uma cerveja ruim a R$ 9. Não sei que horas o evento terminou, mas foi impossível esperar para ver o desfecho”, concluiu.

Após denúncias de assédio sexual, presidente da Caixa pede demissão

Após denúncias de assédio sexual, Pedro Guimarães pediu há pouco demissão do cargo de presidente da Caixa. O executivo, um dos mais importantes aliados de Jair Bolsonaro, era o único comandante de estatal que estava no cargo desde o início do governo atual.

Ele será substituído por Daniella Marques Consentino, braço direito do ministro Paulo Guedes e hoje secretária de Produtividade e Competitividade.

Como noticiamos ontem, funcionárias da Caixa denunciaram o executivo após ele ter feito várias abordagens consideradas impróprias, com toques íntimos não autorizados e convites incompatíveis com a atividade profissional. O caso, revelado pelo site Metrópoles, está sendo investigado pelo Ministério Público Federal e corre sob sigilo.

Em sua carta de demissão, o presidente da Caixa disse que sempre se “empenhou” em combater toda a forma de assédio. Ele entregou o pedido em reunião ocorrida hoje com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto.

“Na atuação como presidente da Caixa, sempre me empenhei no combate a toda forma de assédio, repelindo toda e qualquer forma de violência, em quaisquer de suas possíveis configurações. A ascensão profissional sempre decorre, em minha forma de ver, da capacidade e do merecimento, e nunca como qualquer possibilidade de troca de favores ou de pagamento por qualquer vantagem que possa ser oferecida”, disse Guimarães.

Segundo as denúncias de cinco funcionárias da Caixa, as supostas investidas de Pedro Guimarães ocorreram durante viagens a trabalho.

“É comum ele pegar na cintura, pegar no pescoço. Já aconteceu comigo e com várias colegas. Ele trata as mulheres que estão perto como se fossem dele”, disse uma das funcionárias da Caixa ao site.

De acordo com as vítimas ouvidas pelo Metrópoles, durante as viagens eram costumeiros convites para que elas fossem ao quarto de Guimarães, à sauna ou à piscina em companhia do executivo, fiel aliado de Jair Bolsonaro e presença constante nas lives do presidente.

Em uma dessas viagens, uma pessoa bastante próxima do presidente da Caixa teria perguntado a uma das funcionárias, conforme o site: “E se o presidente quiser transar com você?”.

Em outro depoimento ao Metrópoles, uma funcionária afirma que, durante um jantar em uma cidade nordestina, Guimarães teria proposto organizar uma “micareta privê” em Porto Seguro. “A gente vai fazer um Carnaval fora de época (…). Ninguém vai ser de ninguém. E vai ser com todo mundo nu”, teria dito o presidente da Caixa, que segundo a funcionária ainda se virou para ela e disse “vou te rasgar. Vai sangrar”.

As denúncias foram classificadas como “intoleráveis” por Jair Bolsonaro. Segundo assessores palacianos, Guimarães conversou com o presidente por telefone após a publicação da reportagem e declarou que pretendia deixar a função o quanto antes para se dedicar exclusivamente à sua defesa.

A pessoas próximas, Guimarães afirmou desde ontem que, em sinal de sua fidelidade ao presidente, não gostaria de “estender a crise” para o centro do Palácio do Planalto e pretendia deixar o cargo o mais rapidamente possível.

Guimarães é considerado um dos principais aliados de Jair Bolsonaro na Esplanada dos Ministérios. Tanto que ele chegou a ser sondado como possível vice na chapa à reeleição. (O Antagonista)

Capitania dos Portos autoriza a embarcação José Humberto a navegar no Maranhão

Começou a operar, após o cumprimento de todas as exigências determinadas pela Capitania dos Portos, a embarcação José Humberto. A embarcação realizou a primeira viagem do Terminal da Ponta da Espera até terminal do Cujupe com 50% da capacidade da embarcação, procedimento padrão da Capitania do Portos. No retorno, a embarcação navegou com 75% da capacidade e, no fim do dia, a embarcação já tinha atingido a capacidade máxima.

A viagem levou em torno de 1 hora e 45 minutos de travessia no sentido São Luís a Cujupe. A embarcação deverá operar nos seguintes horários: 13h, Ponta da Espera; 16h, Cujupe; 19h, Ponta da Espera; 21h30, Cujupe. A embarcação tem capacidade para 60 veículos e 400 passageiros, em média.

Outras melhorias já foram anunciadas pelo Governo, garantindo aos cidadãos o seu direito de ir e vir. “A embarcação José Humberto foi toda certificada pela Capitania dos Portos e, nesta terça-feira, foi a primeira viagem-teste, obedecendo aos protocolos determinados pela Marinha do Brasil. É mais um ferry que vem somar com todo o sistema, totalizando assim quatro ferrys que estão em operação. É o Governo do Estado trabalhando firme para que a gente consiga resolver todos os problemas do sistema aquaviário. Vamos avançar”, afirmou o presidente da MOB, Celso Henrique Borgneth.

Em grandes atos, Flávio Dino e Brandão recebem apoios das maiores lideranças de Paço do Lumiar

O pré-candidato a senador Flávio Dino e o governador Carlos Brandão receberam, na noite de terça-feira (28), apoios das maiores lideranças políticas na cidade de Paço do Lumiar em dois grandes eventos realizados no município.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), a sua esposa e vice-prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato (PSB), o vice na chapa de Brandão, Felipe Camarão, e os deputados federais Márcio Jerry e Bira do Pindaré estiveram presentes nos atos de apoio organizados pelo empresário e advogado Fred Campos, e a prefeita Paula Azevedo.

O evento, que aconteceu no Sítio Grande, em Paço do Lumiar, contou com a participação de diversos pré-candidatos ligados ao movimento “O Maranhão não Pode Parar”.

Durante o ato, Flávio Dino afirmou que o Maranhão segue na direção certa. “Por isso, temos que continuar transformando o nosso estado como fizemos nos último anos, desenvolvendo obras e ações concretas, não com promessas. E Brandão está dando continuidade a esse trabalho e fará ainda mais”, disse.

Coordenador da pré-campanha de Dino, o deputado Othelino Neto pontuou avanços conquistados na gestão do ex-governador Flávio Dino e ressaltou a força política de Fred Campos.

“Dino fez muito como governador e, sem dúvida, será um grande senador para trazer mais benefícios ao nosso estado, destinando emendas para novas ações. Aqui está o grupo que ama e quer ver o Maranhão cada vez melhor. E o apoio do Fred é muito importante para concretizarmos esta vitória que estamos começando a construir”, disse o parlamentar.

Ana Paula Lobato, pré-candidata à primeira suplência na chapa de Flávio Dino ao Senado, destacou sua vontade em contribuir para que o Maranhão continue progredindo.

“Nosso futuro senador pode contar comigo. Estou pronta para seguir nesta missão de trabalhar pelo povo do nosso estado ao lado de Flávio Dino, melhor governador da história do Maranhão, que realizou tantos benefícios. Não tenho dúvidas de que será também um grande senador”, frisou Ana Paula.

Fred Campos agradeceu a presença dos apoiadores ao ato político. “Uma honra receber todos esses amigos que confiam no nosso projeto de continuar trabalhando em prol dos maranhenses. Contem comigo”, enfatizou.

O evento contou, ainda, com a participação de diversos outros postulantes a deputado estadual e federal aliados do grupo.

Cotado a vice de Lahesio pede licença do mandato para se dedicar à campanha do bolsonarista ao governo

O vereador Gutemberg Araújo (PSC) anunciou que entrará de licença dos trabalhos da casa legislativa. Ele ficará afastado das atividades pelo período que o regimento permite, de quatro meses, e será substituído por Marlon Garcia (PSC), primeiro suplente.

O parlamentar justificou o afastamento dizendo que queria oportunizar ao suplente a chance de também contribuir com o mandato e trabalhar pelo povo ludovicense. Marlon Garcia é o primeiro suplente do vereador Gutemberg Araújo e possui forte atuação nos bairros mais periféricos de São Luís, principalmente, no Bairro de Fátima.

“Tiro esta licença no período que prevê o nosso regimento para que meu suplente, o vereador Marlon Garcia, possa vir a esta casa e também ter a honra de representar o povo e a cidade de São Luís”, ressaltou.

Informou ainda que no período da licença irá se dedicar a ações da pré-campanha do ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim, que é pré-candidato ao Governo do Maranhão, a quem ele somará.

Nomes começam a ser cotados para fazer parte da chapa do médico e ex-prefeito bolsonarista Lahesio Bonfim(PSC) na disputa do governo do estado. Além do vereador de São Luís, Dr. Gutemberg Araújo, estão no páreo o inspetor da PRF, Antonio Noberto, e a ex-deputada Andrea Murad. Um militar também pode fazer parte da chapa e até uma “surpresa”, segundo Lahesio, que pode provocar impacto na sucessão estadual.

Flávio Dino diz que vai lutar no Senado para acabar com o orçamento secreto: “fim imediato dessa imoralidade”

O ex-governador Flávio Dino disse que se for eleito senador pelo Maranhão, lutará para acabar com o orçamento secreto. “Isso é inconstitucional. Se tiver a honra de chegar ao Senado, por isso lutarei: pelo fim imediato dessa imoralidade”, afirmou.

De acordo com o jornal O Globo, o governo federal liberou em dois dias, logo após a prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, R$ 3,2 bilhões do chamado orçamento secreto, mecanismo utilizado pelo Palácio do Planalto para contemplar parlamentares aliados em troca de apoio político. O número equivale a 20% do total previsto para este ano.

Após a prisão de Milton Ribeiro pela Polícia Federal no dia 22 de junho, o governo fez duas grandes liberações de recursos: no dia 23, empenhou R$ 1,7 bilhão. No dia seguinte, R$ 1,5 bilhão. Apenas no dia 15 de junho houve uma liberação maior: R$ 1,8 bilhão. Nesse dia, o governo aprovou no Congresso a proposta que estabelece um teto do ICMS para combustíveis, projeto patrocinado pelo Palácio para tentar diminuir o preço da gasolina e do diesel.

Ao todo, o governo empenhou neste ano R$ 5,8 bilhões dos R$ 16 bilhões previstos. Mas líderes de bancada estão pressionando os presidentes do Senado e da Câmara, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e Arthur Lira (PP-AL), para enviar todos os pedidos de emendas de relator ao governo antes do prazo final para os pagamentos, que vence no dia 2 de julho. A partir desta data, devido à eleição, a União não pode mais pagar emendas. A retomada dos empenhos só será permitida em novembro, depois do pleito.

PF realiza operação para reprimir fraudes contra o INSS no Maranhão

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 29/06, a  Operação HAMARTIA, com a finalidade de reprimir fraudes contra o INSS no Estado  do Maranhão.

A operação foi realizada pela Delegacia de Polícia Federal de Caxias/MA, com a colaboração da Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e  Trabalhista (CGINT) do Ministério do Trabalho e Previdência.

A investigação teve início em 2020, e levou à identificação de um  esquema criminoso integrado por pelo menos 07 agenciadores, responsáveis por  cooptar pessoas com a promessa de concessão de benefícios de aposentadoria por idade  e pensão por morte de forma mais célere, além de 02 servidores do INSS, responsáveis  pela concessão ilegal dos benefícios.

Os agenciadores, além da função de cooptação de pessoas, também são  proprietários de empresas especializadas em empréstimos financeiros e, logo após a  concessão ilegal do benefício, realizavam empréstimos consignados no nome dos  beneficiários, obtendo assim uma quantia significativa de forma mais rápida.

No total, 60 (sessenta) policiais federais cumpriram 20 (vinte) mandados  judiciais, sendo 07 (sete) de prisão temporária e 13 (treze) de busca e apreensão nas  cidades de Coelho Neto/MA e Teresina/PI. Também foi determinado o bloqueio de  contas bancárias dos envolvidos, o sequestro de bens e valores de origem criminosa,  além do afastamento dos servidores do INSS do exercício de suas funções.

O prejuízo inicialmente identificado com a concessão de oitenta e oito benefícios, aproxima-se de R$ 2,9 milhões. A economia proporcionada com a futura  suspensão dos benefícios, considerando-se a expectativa de sobrevida projetada pelo  Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), gira em torno de R$ 27,8 milhões.

Os envolvidos estão sendo investigados pela prática dos crimes de  Associação Criminosa, Estelionato qualificado, Falsidade Ideológica, Uso de  Documento Falso, Corrupção Passiva e Corrupção Ativa, todos do Código Penal Brasileiro, cujas penas máximas acumuladas podem chegar a quarenta e três anos e oito  meses de prisão.

O nome da Operação é um termo de origem grega que significando erro  ou falha. Trata-se de uma referência à decisão dos investigados de realizar a conduta  criminosa, mesmo sabendo de sua consequência.

Bolsonaro disse a presidente da Caixa que denúncias de assédio são ‘inadmissíveis’, segundo aliados

Em uma conversa rápida na noite desta terça-feira no Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro disse ao presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que as denúncias de assédio sexual feitas por servidoras do banco público são “inadmissíveis”, segundo o relato de interlocutores de Bolsonaro.

No encontro, Guimarães disse ao presidente que pretende “se defender na Justiça”. O executivo deve anunciar a saída do comando da instituição financeira nesta quarta-feira, conforme antecipou o colunista Lauro Jardim. Na noite desta terça-feira, a Caixa cancelou uma cerimônia sobre crédito rural com a presença de Guimarães que estava prevista para esta quarta.

O núcleo político da campanha do presidente da República agiu rapidamente para evitar que o caso impactasse diretamente na eleição, principalmente entre o eleitorado feminino, no qual Bolsonaro encontra resistência. Como mostrou a colunista Malu Gaspar, aliados pressionaram pela saída imediata de Guimarães do cargo para que Bolsonaro se afaste rapidamente das acusações.

Para dois ministros e um auxiliar do presidente ouvidos pela colunista Bela Megale, a situação de Guimarães é “insustentável” e sua saída necessária para “poupar” mais desgastes para Bolsonaro. A avaliação já foi levada por diversos aliados ao presidente, que defendem que ele seja demitido, caso não peça demissão por iniciativa própria.

Guimarães é próximo a Bolsonaro e uma das figuras mais frequentes nas viagens presidenciais. Nesta terça-feira, ele esteve em Maceió (AL) em cerimônia de entrega de 1.220 moradias.

O dirigente tinha na agenda desta quarta-feira uma entrevista coletiva a jornalistas nesta quarta-feira para falar sobre estratégias do banco, mas a assessoria de imprensa comunicou o cancelamento do evento na noite desta terça-feira.

Denúncia

Funcionárias da Caixa denunciaram Pedro Guimarães em depoimentos concedidos ao site Metrópoles. As entrevistas foram dadas sob condição de anonimato para preservar a identidade das envolvidas. De acordo com a reportagem publicada nesta terça-feira, o caso também é investigado, sob sigilo, pelo Ministério Público Federal do Distrito Federal.

Em nota ao site, a Caixa disse que “não tem conhecimento das denúncias apresentadas pelo veículo”. O MPF afirmou que não fornece informações sobre procedimentos sigilosos.

Nas entrevistas concedidas ao site, funcionárias do banco narram toques íntimos não autorizados, convites incompatíveis com a situação de trabalho e outras formas de assédio por parte de Guimarães. “Ele passou a mão em mim. Foi um absurdo. Ele apertou minha bunda. Literalmente isso”, relatou uma vítima ao Metrópoles.

Outra funcionária do banco detalhou um jantar em que Guimarães falou sobre a intenção de organizar um “um carnaval fora de época” onde “ninguém vai ser de ninguém. E vai ser com todo mundo nu’”. Outros presentes no local confirmaram as falas do executivo. As situações de assédio aconteciam, na maioria das vezes, em viagens do executivo como parte do programa Caixa Mais Brasil. (O Globo)

Prefeito de Ribamar Fiquene perde o decoro e xinga vereador no meio da sessão

Um triste e lamentável acontecimento marcou uma sessão solene da Câmara Municipal de Ribamar Fiquene. O momento, que deveria ser de homenagem, foi interrompido pelo Prefeito Cociflan Silva, que perdeu o decoro e proferiu xingamentos contra o presidente da Casa de Leis, o vereador Clésio Cardoso.

No momento da sessão, o Prefeito teve a oportunidade de subir à Tribuna para realizar discurso sobre a homenagem realizada pela Câmara Municipal. No entanto, Cocifan Silva utilizou o espaço para criticar o governo do estado e proferir acusações que estaria sendo perseguido politicamente.

Por considerar o discurso inapropriado para o momento, o parlamentar que liderava a sessão pediu para que o Prefeito mantivesse atento à pauta. “Gostaria de pedir à vossa excelência que esta é uma sessão de entrega de título, então não podemos desvirtuar. Em outro momento teremos o prazer de lhe receber. Restringa por favor à pauta do homenageado”, disse Clésio Cardoso.

Cociflan então perde a compostura diante do pedido e alega que “estão com medo da verdade”, proferindo em seguida xingamentos, e se retirando da Tribuna. O vídeo com o momento viralizou nas redes sociais, onde os internautas lamentaram a falta de preparo e educação do Prefeito de Ribamar Fiquene. O Prefeito não se manifestou publicamente ainda por seus atos. (Do blog do Gláucio Ericeira)