Questão de fé

José Sarney presidia o Senado, no governo FHC, quando uma jornalista contou que o então presidente afirmara no exterior que Deus havia sido bom com o maranhense, por lhe dar mais um ano de mandato quando ele era presidente. Sarney reagiu com fina ironia, aludindo ao ateísmo militante de FHC: “De fato, Deus é generoso com quem acredita nele…” (Diário do Poder)

Deixe uma resposta