13ª Feira do Livro de São Luís tem vasta programação neste fim de semana

Em ritmo de intensa programação, desde o último dia 11 de outubro, a 13ª Feira do Livro de São Luís (FeliS), tem atraído um grande público até o Multicenter Sebrae, local onde está sendo realizado o evento. São cerca de 600 atividades programadas, gratuitas, com conteúdo para todos os gostos. Já consagrado no calendário anual da cidade, o evento traz uma programação diversificada neste sábado (19) e domingo (20), último fim de semana da Feira. Esta é a sétima edição da FeliS realizada pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

“Para quem ainda quer aproveitar a 13ª FeliS, este é o último fim de semana com uma programação acontecendo simultaneamente em mais de 30 espaços. É um evento que acolhe a todos e que está em um espaço com segurança, acessibilidade, inclusão, conforto e muito entretenimento. Todos os dias o público tem comparecido e participado efetivamente da programação”, ressaltou o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão.

No sábado (19), às 19h, o escritor paraibano Milton Marques Junior realiza a conferência ‘O Mulato e suas duas edições’, no Auditório Aluísio Azevedo, com mediação de Sebastião Moreira Duarte. Já no Café Literário, às 15h30, Sérgio Luís e Sônia Schmidt fazem um bate-papo literário com tema ‘Entre Cesar e Deus’ e mediação de Hélio Ricardo. Em seguida, às 17h, será com Mundinha Araújo e Lourival Serejo, sobre ‘O Mulato e sua contribuição para a campanha do abolicionismo’, com mediação de Alberto Júnior. O Café ainda recebe bate-papo e  lançamento do livro ‘A Fazenda Bacazinho’, por Nonato Reis, às 19h30.

Também serão lançados os livros ‘Incorporação e compartilhamento do desejo: notas sobre corporalidades e o caráter associativo entre travestis em São Luís – Maranhão’, por Juciana de Oliveira Sampaio; ‘Digo te amo pra todos que me fodem bem’, por Seane Melo; ‘Caixa de raiva’, por Tonny Araújo; ‘Fazendo e desfazendo gêneros’, por Juciana de Oliveira Sampaio, Allyson Andrade Perez, Marília Milhomen Moscoso, Nilvanete Gomes de Lima, Rarielle Rodrigues Lima, Sandra Maria Nascimento de Sousa e Tânia Maria Silva Rego; ‘Contos e lendas da terra do sol’, por Marco Haurélio e Wilson Marques; e ‘Água de beber’, por Raimundo Nonato Medeiros. Todos na Casa do Escritor, a partir das 15h.

Na Casa do Professor, das 14h às 18h, acontece a oficina ‘Escrita Criativa e Afetiva’, com Milena Carvalho, professora, escritora, cineasta, arquiteta e urbanista. Às 18h30 terá a roda de conversa ‘Letramento racial e trajetória de vida’, com a professora aposentada e ativista do Rio de Janeiro, Diva Guimarães, e Diane Sousa, do Instituto Formação, com mediação da Fundação Vale.

Deixe uma resposta