• A visita de Lula a Sarney

    Durante sua passagem por São Luís, o presidente Lula deixou claro que o ex-presidente José Sarney continua sendo um aliado de primeira hora.

    Durante discurso em um palanque onde estavam as principais lideranças políticas do estado, Lula fez questão de mais uma vez reverenciar Sarney. Lula contou que a inclusão da obra de expansão da Avenida Litorânea no PAC se deu a pedido do político maranhense. “Posso negar um pedido do Brandão, mas não tenho coragem de negar um pedido do Sarney”, disse. Só não conseguiu tirar a refinaria de Bacabeira do papel, um dos maiores engodos eleitorais desse estado.

    Logo após o ato na Litorânea, Lula foi direto à residência de Sarney vê-lo, como de costume todas as vezes que vem ao estado. Segundo Lula, ele não pode vir ao Maranhão sem deixar de visitar o Sarney e dona Marly Sarney. (veja nas imagens)

    Esse prestígio e força de Sarney(que não serviu para tirar o Maranhão da pobreza) com Lula não vem de agora. Enquanto presidente do Senado, Sarney atuou em defesa de Lula liderando as articulações políticas e garantindo a estabilidade para Lula governar, chegando a agir até contra um impeachment preparado contra o petista. Como um dos caciques do MDB e com grande influência nos poderes, Sarney deu sustentabilidade partidária a Lula no Congresso e foi uma espécie de articulador do seu governo.

    Antes, entretanto, os dois eram adversários. Em 1987, segundo Lula, José Sarney era “o maior ladrão da Nova República”. Em 2009, alguns anos depois de descobrir que eram amigos de infância, o presidente promoveu Sarney a Homem Incomum. Lula decretou que era preconceito qualificar de oligarquia a Famiglia que há 50 anos controlava a sesmaria do Maranhão, estado pobre e decadente com os piores indicadores.

    Passados os anos, Lula esqueceu o passado, mas não os favores do maranhense. A relação dos dois é a melhor possível e um pedido de Sarney não é apenas um pedido, é uma ordem, como deixou claro o presidente.

    2 respostas

    1. Ainda bem que ainda , existem políticos que se respeitam no Brasil Adversários sim, mas que colocam a Nação acima das divergências..

    Deixe uma resposta