Apenas três ferryboats estão em operação nos terminais; MOB se reúne com representantes das empresas

Atualmente, três embarcações estão em operação na travessia marítima entre os terminais da Ponta da Espera e Cujupe, e um quarto barco vai retornar às atividades até o final deste mês. O governador do Maranhão, Carlos Brandão, já determinou prioridade para a resolução dos problemas da travessia marítima no estado.

O presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Celso Henrique Borgneth, se reuniu na sede da agência com representantes das cooperativas do transporte alternativo que realizam viagens diariamente da Baixada Maranhense para a capital e que utilizam o Serviço Público de Transporte Aquaviário Intermunicipal (ferryboat).

Na ocasião, Celso Henrique ouviu os representantes, que pontuaram as principais dificuldades ocasionadas nos últimos dias pela diminuição de embarcações em operação. O presidente da MOB também levantou pontos e sugestões que serão analisados pelo departamento jurídico da agência e colocados em prática para a melhoria na prestação do serviço do transporte alternativo e, consequentemente, para todos os usuários do sistema.

“Estamos dialogando com os representantes do transporte alternativo para sanar em tempo hábil as dificuldades pontuadas em reunião. Vamos analisar e aplicar as melhorias para o setor. O compromisso do Governo é manter o diálogo aberto e prioritário, sempre compromissado com a população maranhense”, ressaltou o presidente da MOB.

Além da equipe da MOB, estiveram na reunião representantes das cooperativas, representantes da empresa Internacional Marítima, Polícia Militar, além da deputada estadual Mical Damasceno.

Deixe uma resposta