Bares e restaurantes devem ficar fechados por sete dias em São Luís e Dino anuncia pagamento de auxílio

O Governo do Estado determinou nesta sexta-feira (12) que bares e restaurantes devem ficar fechados por sete dias, a partir desta segunda-feira (15). A medida vale apenas para a Ilha de São Luís.

Apesar dos bares e restaurantes estarem proibidos de funcionar entre os dias 15 e 21, os serviços de delivery podem continuar funcionando normalmente.

Além disso, houve prorrogação do decreto anterior, que fica válido até o dia 21 de março. Desta forma, escolas e universidades particulares e públicas permanecem fechadas, assim como o funcionamento não essencial do serviço público estadual. O funcionamento do comércio permanece entre 9h e 21h.

As igrejas devem funcionar com limite máximo de 30% na Ilha de São Luís.

Outra medida adotada pelo governador Flávio Dino é que a partir de agora, os municípios só vão receber novas doses das vacinas caso alcancem a meta de 70%.

Auxílios

Diante da suspensão no funcionamento dos bares e restaurantes, o Governo do Estado estará lançando, ainda nesta sexta, um auxílio emergencial estadual para bares e restaurantes, no valor de R$ 1.000,00, e de R$ 600,00 para o setor cultural. Para solicitar, os proprietários devem realizar um cadastro na Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc). Com informações do Jornal Pequeno

Deixe uma resposta