Braide reúne-se com equipe de formadores da rede municipal de São Luís

A equipe de Formadores da Rede Municipal de Ensino de São Luís se reuniu, nesta quarta-feira (30), para o encerramento do primeiro semestre de preparação do corpo docente do município. O encontro aconteceu no Centro Avançado de Apoio à Educação (CAAED), no bairro Alemanha, e contou com a presença do prefeito Eduardo Braide, que agradeceu o empenho da equipe na formação dos profissionais para o ensino remoto, e do secretário municipal de Educação, Marco Moura.

 “Vocês têm realizado um ótimo trabalho para que os alunos da nossa rede municipal de ensino continuem tendo aula mesmo diante dessa crise que estamos enfrentando. Agradeço todo o empenho e me coloco à disposição dos que mais precisarem para continuarmos aperfeiçoando o modo ensino e a educação de São Luís”.

No último mês, a equipe de formadores da Prefeitura de São Luís realizou um treinamento para os quase três mil profissionais que integram a rede municipal de ensino sobre os recursos da plataforma Google For Education, espaço virtual voltado para o setor da educação com ferramentas para o ensino, aprendizagem e conexão. Entre os serviços oferecidos estão: Meet, Sala de Aula ou Google Classroom, Gmail, Agenda, Drive, Documentos, Planilhas, Apresentações, entre outros.

O prefeito Eduardo Braide lembrou que a Prefeitura de São Luís tem se empenhado para a retomada da normalidade, inclusive para a volta às aulas presenciais. “São Luís foi a primeira capital do Nordeste a iniciar a vacinação contra a Covid dos profissionais de Educação, assim como a primeira capital do Brasil a iniciar a vacinação da população acima de 18 anos. Nos próximos dias a gente deve vacinar 100% da população adulta e a boa notícia é que eu já solicitei a autorização do Ministério da Saúde para vacinar adolescentes com idade entre 12 e 17 anos”, anunciou.

Já o secretário de Educação de São Luís destacou que o grupo de formadores foi e continua sendo essencial neste momento de ensino remoto em razão da pandemia de coronavírus e do futuro da educação. “Por meio dos nossos formadores, temos trabalhado para novas tecnologias para o ensino híbrido que se apresentou à comunidade devido à pandemia e que hoje é uma realidade para todo o mundo. Finalizamos o primeiro e nos próximos meses seguiremos atualizando os nossos profissionais de educação do que se faz necessário para melhorar cada vez mais o ensino”, destacou Marco Moura.

1 pensou em “Braide reúne-se com equipe de formadores da rede municipal de São Luís

  1. O ensino remoto ainda é uma realidade desfrutada por poucos principalmente para alunos da rede pública. A pandemia veio para reforçar o fosso de desigualdade que há entre alunos do ensino público e do privado. A rede municipal de São Luís. se atrasou muito na que tange a oferta desse ensino a sua clientela, e até o presente momento nunca foram entregues os chips que haviam sido prometidos pela Semed desde a gestão de EHJ. No final do ano passado houve uma cerimônia na UEB Alberto Pinheiro para a apresentação dos tais chips, e que supostamente deveriam ser entregues pela gestão de Braide. Passados 6 meses, não se tem notícia dos chips. Há estudantes que não têm sequer um smartphone, e outros, faltam os créditos para acessar a internet. Para tais alunos, o atraso é inquestionável. E para terminar, aqui no bairro tem uma escola de educação infantil, Paulo Freire, que desde o final do ano passado não tem gestor oficial, e até hoje 30 de junho, a Semed não resolveu o problema, esse mês nem as cestas básicas chegaram à escola porque não tem diretor nomeado, A senhora que estava responsável pela escola e que já foi gestora esperava ser nomeada pela atual gestão, porque diferente de outros prefeitos que assumiram, a atual não exonerou os diretores de escola como é de praxe. Então em tese deveria, acho eu, reconduzi-la ao cargo, mas ninguém resolveu o problema, tivemos a secretária Esmênia; agora o Marco Moura, e assim caminhamos sem rumo, sem diretor.
    Ainda bem que a Liberdade ganhará outra escola de educação infantil que está sendo concluída, na Av. Quarto centenário, pelo gov. estadual, será outra alternativa para os pais dos alunos da pré-escola.

Deixe uma resposta