• Braide tem quase 60% de aprovação em São Luís; Brandão é aprovado 53,8% e Lula 67,8% em pesquisa Difusora

    Em 2024, os ludovicenses vão às urnas para escolher um novo representante no executivo e no legislativo municipal. O 1º turno da eleição municipal vai acontecer em 6 de outubro. Se houver necessidade de 2º turno, a votação será realizada em 27 de outubro.

    E de acordo com dados de um levantamento realizado pelo Instituto Três Pesquisas, nos dias 10, 11 e 12 de novembro, 59,5% dos entrevistados aprovaram a gestão realizada pelo prefeito Eduardo Braide, até o momento. Nesta pesquisa foram ouvidas 800 pessoas com idade a partir de 16 anos, na zona urbana e na zona rural de São Luís.

    Quando o assunto é a administração estadual, os entrevistados mostraram como avaliaram a gestão do atual governador do Maranhão, Carlos Brandão.

    Confira abaixo:

    Aprova: 53,8%
    Desaprova: 43,6%
    Não sabe/não respondeu: 2,6%

    Já no cenário nacional, os ludovicenses disseram que estão satisfeitos com a administração do atual presidente Luís Inácio Lula da Silva. Veja abaixo:

    Aprova: 67,8%
    Desaprova: 31,5%
    Não sabe/não respondeu: 0,7%

    2 respostas

    1. Votei em Braide em 2020 porque não queria votar no Duarte Jr., pois ele era o candidato do gov. estadual. Acompanho atentamente a gestão Braide via blogs de notícias e os canais oficiais da prefeitura principalmente a página da prefeitura em que se pode ter acesso ao diário oficial e o portal da transparência. Pelo conjunto da obra, o prefeito jamais deveria ter sido eleito. Gasta milhões com contratos estranhos com empresas de todo lugar, mas entrega pouco. Neste momento, funcionários da limpeza dos hospitais e do Socorrão 2 estão de braços cruzados por falta de pagamento, eles estão certos em fazer isso porque quem trabalha de graça é escravo. A Semus chegou a abrir licitação para contratar empresa para fornecer mão de obra para a limpeza, mas o pregão que seria realizado dia 20 de outubro foi suspenso sem data para ser reaberto. A empresa que presta o serviço é a Maxtec que já a dona do contrato há vários anos, mas mesmo sem receber as faturas em dia desde 2010, parece que não quer largar o osso, sinal de que muita carne há neste osso. A licitação do HMDM que seria realizada dia 30 de outubro para contratar empresa de limpeza, foi suspenso sem data para ser reaberto. Ambos os contratos de limpeza fa Semus e do HMDM são executados pela empresa Maxtec.

    Deixe uma resposta