Braide vistoria andamento das obras do programa Asfalto Novo no Maracanã

O prefeito Eduardo Braide vistoriou, nesta quinta-feira (19), as obras do programa Asfalto Novo que estão em execução no bairro Maracanã, Zona Rural de São Luís. Por meio do programa estão sendo implantados 80 quilômetros de nova pavimentação em diversos bairros da cidade apenas nesta primeira fase. O objetivo é melhorar a mobilidade urbana e garantir mais segurança para condutores, pedestres e usuários do sistema de transporte público.

“Estamos implantando asfalto de alta durabilidade na nossa cidade para evitar que ele seja levado pela água das chuvas, prejudicando o tráfego na região. Estamos trabalhando aqui na zona rural e vamos levar o programa para toda a cidade, onde tiver a necessidade de fazer também a drenagem, será feito. Estamos trabalhando da forma que a população merece. Nesta primeira etapa são 80 quilômetros de asfalto novo para melhorar a mobilidade e dar mais segurança no trânsito”, disse o prefeito Eduardo Braide.

O titular da Secretaria Municipal de Obras de Serviços Públicos (Semosp), responsável pela execução das obras, David Col Debella, e o secretário-adjunto da pasta, Thiago Trindade, acompanharam o prefeito Eduardo Braide. “Seguindo as determinações do prefeito Eduardo Braide, vamos intensificar os trabalhos aqui na zona rural, recuperando as vias com tráfego prejudicado por causa das avarias no pavimento e levando asfalto pela primeira vez para vias que nunca foram pavimentadas. Este é um importante investimento de infraestrutura que vai fazer a diferença na vida das famílias que aqui residem”, afirmou.

Um dos pontos onde as equipes da Semosp estão trabalhando e que foi vistoriado pelo prefeito Eduardo Braide é a Avenida Principal do Maracanã (Avenida Evandro Bessa). Em toda a via já foi realizado o serviço de fresa, que é a raspagem do asfalto antigo para a correta execução de novo revestimento asfáltico. Com esta etapa finalizada, agora, as equipes avançam com a implantação do novo asfalto.

A via liga os bairros Maracanã e Vila Maranhão, sendo um importante corredor de tráfego para encurtar o deslocamento entre os dois acessos à BR-135. O trecho também serve de acesso ao Residencial Vila Maranhão I ao VI entre outros bairros e comunidades, sendo utilizado diariamente por condutores de veículos de carga, de passeio e transporte coletivo.

1 pensou em “Braide vistoria andamento das obras do programa Asfalto Novo no Maracanã

  1. As aulas iniciaram em algumas escolas essa semana, mas a Semed ainda não entregou o material de prevenção que foi prometido como máscaras e álcool em gel para a comunidade escolar. O prefeito deveria autorizar a Semed a fazer um seletivo para contratação de AOSD, a exemplo do concurso de 2008, porque operacionais vinculados a própria secretaria faz o serviço enlecados no edital e curiosamente, o serviço terceirizado não é permitido. Houve uma palestra com eles e a empresa disse o que não lhes é permitido fazer, ou seja, o operacional do quadro pode, e o terceirizado não. Há escolas que ainda contam com operacionais do quadro, mas a maioria NÃO. Deixou os gestores numa situação dificil porque o fazem o que terceirizado não devem ou o serviço fica pendente. Desde a primeira pslestra foram orientados a não varrerem as calçadas, tem calçadas que se confundem com a própria entrada da escola, segundo eles mesmos comentaram na escola. A terceirização é um serviço caríssimo, embora o funcionário receba um salário baixo,,o valor bruto pago pela secretaria é equivalente ao pagamento de 3 servidores do quadro. A Semed irá renovar o contrato, sem problema quanto a isso, mas que faça um seletivo para tampar as brechas nesse serviço e está tudo certo. Eu não estou defendendo nenhum serviço escravo só defendo o que é justo. A gestão de Braide não surpreende de forma positiva, pois é uma continuação da gestão de Holanda em todos os sentidos.

Deixe uma resposta