Braide vistoria obras do programa Escola Nova em São Luís

A gestão do prefeito Eduardo Braide está reestruturando toda a rede municipal de ensino. Por meio do programa Escola Nova, dezenas de escolas já foram ou estão sendo reformadas para garantir o retorno seguro de professores, alunos e toda comunidade escolar às salas de aulas. Braide vistoriou diversas unidades que estão passando por obras para garantir todas as condições necessárias para o início do Ano Letivo de 2022.

“Logo no início da nossa gestão, lançamos o programa Escola Nova para reestruturar e modernizar a nossa rede municipal de ensino. Ao longo de 2021, reinauguramos diversas escolas e estamos encerrando o ano com dezenas de unidades de ensino sendo reformadas ao mesmo tempo, recebendo todas as intervenções estruturais necessárias e sendo adaptadas aos novos protocolos sanitários para o início do Ano Letivo 2022 aconteça de forma segura e nossos alunos e professores tenham condições dignas de voltarem às salas de aula”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A série de vistorias realizadas nesta quarta-feira (29) foi acompanhada pelo secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella, e equipe técnica da Semosp, responsável pelas obras que estão sendo executadas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

“A gestão do prefeito Eduardo Braide está realizando um amplo cronograma de obras na rede de ensino. As escolas estão passando por reformas estruturais para a correção de problemas antigos que comprometem a segurança dos alunos, professores e demais funcionários. Além disso, as unidades também estão sendo modernizadas para receber de forma mais confortável a comunidade escolar. São diversas escolas em obras ao mesmo tempo para melhorar a qualidade do ensino na cidade”, informou David Col Debella.

A primeira escola vistoriada foi a Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Menino Jesus de Praga, no Planalto Vinhais II. Com mais de 20 anos de construção, a escola apresentava problemas que impossibilitavam os estudantes da prática esportiva e atividades lúdicas. Com 680 alunos matriculados, a escola tem Ensino Fundamental I e II e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Em seguida, foram vistoriadas as U.E.B.s Olinda Desterro, na Vila Vicente Fialho, que atende a cerca de 600 estudantes; a Dra. Maria Alice Coutinho, no Turu, que tem capacidade para atender a mais de 1.500 estudantes; e a Professor Nascimento de Morais, uma das maiores do bairro Cidade Operária, que tem capacidade para cerca de 1000 alunos.

Em todas as unidades em reforma, a Prefeitura de São Luís está executando reforma completa de toda a estrutura física. Entre os serviços realizados, estão pintura interna e externa, instalação de calha pluvial, retelhamento, novas instalações elétricas e hidrossanitárias, recuperação do piso, nova iluminação, novo forro de PVC, revisão das esquadrias, troca de janelas e fechaduras, instalação de corrimão nas escadas, além de poda e capina.

As unidades de ensino também serão totalmente climatizadas com a instalação de ar-condicionado em todas as salas de aula e demais dependências. Para garantir acessibilidade total, as unidades serão adaptadas para receber adequadamente os alunos com deficiência.

Quando forem reinauguradas, as escolas terão novo mobiliário, computadores com acesso à internet, nova biblioteca, salas de recurso para a execução de atividades pedagógicas que potencializem as habilidades de crianças que tenham transtornos do espectro autista.

Foto: @Divulgação

Cuidados sanitários

Outra medida importante que tem sido tomada pela gestão do prefeito Eduardo Braide é a adaptação das unidades de ensino aos novos protocolos sanitários para prevenção da Covid-19 e síndromes gripais. Por isso, todas as escolas estão recebendo sinalização horizontal para organizar o fluxo de pessoas, evitando aglomerações, além da instalação de placas informativas com os protocolos sanitários que devem ser seguidos como o uso obrigatório de máscaras em todas as atividades pedagógicas. Também estão sendo instalados dispensers para álcool em gel e estações para lavagem das mãos.

1 pensou em “Braide vistoria obras do programa Escola Nova em São Luís

  1. Braide disse, hoje na entrevista que deu ao Bom dia Mirante, que as aulas presenciais em todas as escolas retornarão dia 01 de fevereiro, só explicou que precisará alugar prédios para colocar os alunos isso já foi admitido pela secretária de educação nomeada por ele. Muitos prédios estão abandonados, em alguns ladrões roubaram até o telhado. Eu reconheço que ele achou as escolas em estado deplorável, porém a gestão dele foi incompetente, não teve nenhum secretário que tenha durado 6 meses na pasta. A Semed anualmente gasta muito recurso público com as escolas, mas estas não dão o retorno que deveriam à comunidade. Os país e responsáveis qd vão às escolas têm o direito de exigir um serviço de qualidade para os seus filhos, e isto vai desde a limpeza dos banheiros, ao atendimento em sala de aula com o professor. Enfim, é fato que educação pública no Brasil virou sinônimo de descaso.

Deixe uma resposta