Cleide Coutinho prega união e diz que não passa de especulação seu nome para vice: “nem fui consultada”

A deputada Cleide Coutinho (PDT) refutou especulações dando conta de que será vice na chapa de governador em 2022. Ela afirmou sentir-se honrada com a especulação do seu nome para compor uma eventual chapa à sucessão estadual.

“Estas notícias são meras especulações, pois não é o momento para discutir sucessão estadual como bem definiu nosso governador Flávio Dino. Nunca me coloquei como candidata em qualquer chapa majoritária e nem fui consultada pelas nossas principais lideranças para desempenhar esta missão”, afirma Cleide em nota enviada ao blog do John Cutrim.

A viúva do ex-deputado Humberto Coutinho diz que é soldada do PDT e da liderança maior do partido, o senador Weverton. Ela fez questão de ressaltar a amizade e respeito que tem pelo governador Flávio Dino, o líder do grupo, e defendeu a unidade em 2022.

“Informo que como a segunda deputada estadual mais votada da atual legislatura, sou uma soldada do Partido Democrático Trabalhista (PDT), e da nossa liderança maior Senador Weverton Rocha, assim como do nosso governador, meu dileto amigo Flávio Dino. Tenho profunda admiração e amizade com o Vice-Governador Carlos Brandão e minha maior certeza é que a união destas lideranças será decisiva para construir nossa vitória em 2022”, assinala.

“Como ensinava meu saudoso e querido Humberto Coutinho, é sempre honroso ser lembrado para qualquer missão, e, como sempre, estarei à disposição para qualquer missão política que nossas lideranças me confiarem, hoje e sempre!”, finaliza.

Deixe uma resposta