Dirigente do PT não seguirá orientação do partido em apoiar Duarte Jr.

O dirigente do PT, professor e ex-secretário de Esportes e Lazer (SEDEL), Márcio Jardim, disse que não acompanhará a decisão do partido em apoiar o candidato Duarte Jr. (Republicanos) na disputa do segundo turno da prefeitura de São Luís.

“Acompanho o gov. Flavio Dino em todas as eleições desde 2010; leal, desprendido e suando muito. Nosso governador tem sido uma importante e corajosa voz no enfrentamento ao desastre nacional que representou a eleição de Bolsonaro. Tem minha admiração. Mas, desta vez, peço VÊNIA!”, disse Jardim, que faz parte da executiva nacional do PT.

Márcio Jardim alegou ainda que o fato de Duarte ser filiado ao Republicanos, partido que abriga os filhos do presidente Bolsonaro.

“Não tenho como dizer que o ex auxiliar do governador não é aquilo que ele próprio diz ser: base do bolsonarismo. Se o próprio Djr10 já se autoproclamou bolsonarista, quem sou eu para dizer o contrário? Como cidadão maranhense, sigo torcendo pelo projeto presidencial do nosso governador”, concluiu.

Deixe uma resposta