Em nota, Prefeitura de São Luís garante que não aplicou doses de vacina vencida contra Covid

A Prefeitura de São Luís garante que não aplicou doses da vacina AstraZeneca contra Covid-19 fora da validade.

A Secretaria de Saúde, diz a nota, checou todos os lotes apontados na reportagem e afirma que todos foram aplicados dentro do prazo de validade.

Matéria do jornal Folha de São Paulo identificou que pelo menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas em diversos postos de saúde do país até 19 de junho. Os dados constam de registros oficiais do Ministério da Saúde. Os imunizantes com o prazo de validade expirado haviam sido utilizados em 1.532 municípios brasileiros.

A vacina da AstraZeneca tem validade de seis meses, assim como a da Pfizer. Esses prazos são definidos a partir das evidências disponíveis e podem sofrer alterações. A vacina da Janssen, por exemplo, ganhou um mês e meio adicional de validade recentemente —hoje, dura até quatro meses e meio.

Procurada pela Folha, a AstraZeneca não quis se posicionar sobre as vacinas ministradas após validade no país. A empresa informou que responde pela produção dos imunizantes, mas sua distribuição é de responsabilidade do PNI (Plano Nacional de Imunização).

Deixe uma resposta