Em São Luís, praça no bairro do Monte Castelo homenageará Antônio Vieira

A população de São Luís vai ganhar mais um importante espaço público de lazer e convivência comunitária. A praça do Monte Castelo passa pelos últimos ajustes para ser entregue este mês à comunidade. O equipamento público receberá o nome do poeta e músico maranhense Antônio Vieira, em homenagem ao artista falecido em 2009. O anúncio foi feito pelo governador Flávio Dino na quarta-feira (19).

“No Monte Castelo, onde antes havia um espaço urbano abandonado, fizemos a Praça que homenageará o mestre Antônio Vieira, grande compositor e cantor do Maranhão”, disse o governador.

Para o secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Márcio Jerry, esse é um reconhecimento a um ícone da história da música popular maranhense e brasileira.

“São mais de 400 composições que enaltecem a nossa cultura e enriquecem o povo maranhense. O bairro Monte Castelo é um lugar onde ele passou boa parte de sua vida, por isso essa homenagem”, explicou.

Biografia

Antonio Vieira dedicou sua vida à música. Nasceu em São Luís, em 1920, e teve mais de 60 anos de carreira. Seu primeiro sucesso foi a música Mulata bonita.

Dono de um conhecimento ímpar sobre a cultura maranhense, expressa por diversos meios e sentidos e rica em suas múltiplas vertentes, Mestre Antônio Vieira cantou os sotaques de uma região cuja formação traz na bagagem a cultura de indígenas, de negros e de europeus.

Ele é um dos ícones da cultura maranhense, que começou a ser conhecido e reconhecido em todo o Brasil e no mundo aos 77 anos de idade, em 1997, quando a também maranhense Rita Ribeiro gravou duas de suas músicas: “Tem quem queira” e “Cocada”.

Antônio Vieira morreu no dia 7 de abril de 2009, por falência múltipla dos órgãos. Sua arte plural e multifacetada é um legado para o Brasil e o mundo.

Deixe uma resposta