Flávio Dino diz que valoriza a lealdade e diz no MA já trabalhou mais que Bolsonaro no Brasil

O Partido Comunista do Brasil no Maranhão realizou na noite desta sexta-feira (22), em São Luís, a abertura da 16ª Conferência Estadual “José Haroldo de Oliveira (Haroldão)”, que decidirá o futuro do partido e os caminhos para as eleições municipais de 2020. Com a presença do Governador Flávio Dino e da Presidenta Nacional da legenda, Luciana Santos, o ato reuniu centenas de militantes e simpatizantes no Auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Estado.

O governador Flávio Dino, ao discursar, defendeu a unidade do campo progressista e lembrou que as eleições municipais de 2020 serão um ponto fundamental para qualquer projeto em 2022. “Nós somos um partido que valoriza a lealdade e valorizamos tanto que a ação judicial que soltou o presidente Lula foi proposta pelo PCdoB. Precisamos ter coração e coragem para continuar a marcha da esperança com o sorriso nos lábios, nos orgulhando das nossas conquistas, dos elogios que recebemos pelo que estamos fazendo no Maranhão. Estou muito feliz, tranquilo e determinado porque, o que nós estamos fazendo no Maranhão, conseguimos fazer em todo o Brasil. Viva o PCdoB”, completou o governador.

Flávio Dino disse ainda que no Maranhão ele já trabalhou mais que o Presidente Jair Bolsonaro. “Façam uma comparação, eu já asfaltei e construí mais escolas que o Bolsonaro no país inteiro“, afirmou. No final da sua fala, Dino pediu engajamento dos militantes para eleger o maior número de prefeitos e vereadores no estado. “É o nosso primeiro passo, peço que cada um de vocês conversem mais, usem mais a internet, pois será o verbo contra a verba. Vocês podem ter certeza que a turma do mal assim que terminar as eleições do ano que vem a primeira coisa que vão fazer é contar quantos prefeitos e vereadores nós fizemos”, assinalou.

Presidente estadual do partido, o deputado federal Márcio Jerry afirmou que o PCdoB chega a esta fase com vigor renovado para seguir ajudando a construir a nova história que o Maranhão está atravessando desde a vitória em 2014, destacando que a base de coalizão, em 2018, soma nada menos do que 16 legendas.

“Antes de mais nada, um salve para Haroldão. Nós defendemos um projeto nacional de desenvolvimento, lideramos uma coalizão partidária e social que está fazendo uma verdadeira transformação no nosso Estado. Temos Flávio Dino como líder, que orgulha muito o PCdoB, mas orgulha todos aqueles do Brasil que lutam pelo povo. Nossa coligação tem diferenças ideológicas, mas nós conseguimos unir todos esses partidos em torno de um projeto, uma unidade que tem como prioridade o povo”, disse o deputado.

Vice-governadora de Pernambuco, Luciana fez questão de comparecer ao ato e apontou a diferença entre o desastre neoliberal do governo de Jair Bolsonaro e a eficiência do socialismo que desde 2015 melhoras os índices e a qualidade de vidado povo do Maranhão. “Flávio Dino, aquele capitão que está na presidência te chamou de pior da Paraíba. Parabéns! Vindo dele é o melhor elogio do mundo. Aqui no Maranhão vocês fazem a diferença, vocês são o contraponto dessa onda antipovo e antinacional que se chama bolsonarismo. Nós temos que ver o que está acontecendo na América Latina, nos inspirar no movimento que Cristina fez na Argentina, para vencer em 2020, porque em 2022 o PCdoB terá um candidato à presidência do Brasil”, afirmou.

A Conferência segue neste sábado (23), a partir das 8h, com a Plenária que, entre outras, elegerá os novos integrantes do Comitê Estadual. A expectativa é que 380 delegados municipais de todas as regiões do Maranhão participem da votação. A Conferência tem entrada livre e não é necessário inscrição.

Para receber notícias clique no sino vermelho que aparece ao lado e inscreva-se no nosso site.

1 pensou em “Flávio Dino diz que valoriza a lealdade e diz no MA já trabalhou mais que Bolsonaro no Brasil

Deixe uma resposta