Flávio Dino nega escolha de candidato e diz que definição entre Weverton e Brandão será do grupo

O governador Flávio Dino negou, nesta quinta-feira (11), que já tenha escolhido seu sucessor e afirmou que a definição da chapa que terá seu apoio ocorrerá entre novembro e dezembro deste ano.

“Eu espero que haja uma unidade no grupo. Eu tenho o compromisso do vice-governador Carlos Brandão, quanto do senador Weverton, que se comprometeram comigo de acolher o que for o pensamento majoritário do nosso grupo. Em isto acontecendo, teremos um bom desfecho provavelmente no mês de novembro, para que aí em 2022 a gente cuide das pré-campanhas e campanhas eleitorais”, afirmou Dino a TV Mirante.

O governador revelou que as conversas para a escolha do candidato a governador, vice e senador devem se iniciar em julho.

“O meu desejo, disse a vários dirigentes partidários que integram o nosso governo, é que passada a pandemia, provavelmente meados deste ano, lá pro mês de julho, a gente comece esse diálogo com os partidos e a minha disposição é, até dezembro deste ano, termos a chapa a anunciada, seja no que se refere a governador, a vice e também ao senado. As definições serão este ano comigo ainda no exercício do cargo para que haja o principal, a unidade pra apresentar o programa que continue as mudanças”, assinalou.

Flávio fez questão de exaltar as qualidades de Brandão e Weverton e frisou que há outros nomes do grupo que também se colocam como possíveis candidatos. “Os dois são bom aliados do nosso campo político, têm méritos, serviços prestados ao nosso estado, e creio que está é uma prova de vitalidade do nosso campo político de ter esses dois e outros nomes, outras possibilidades, há outras pessoas que postulam, as vezes com menos ênfase, mas que também se colocam”, concluiu Dino.

Deixe uma resposta