João Batista Matos sugere que governador faça reunião online com pastores

Defensor do retorno dos cultos e missas presenciais de forma gradual, o jornalista João Batista Matos sugere ao governador Flávio Dino e ao prefeito Edivaldo que promovam uma reunião online com os pastores presidentes de ministério, para discutirem e definirem uma data para a retomada dos cultos presenciais em São Luís e no Estado.

“Mensalmente o governador mantinha reuniões com vários líderes evangélicos. Sugiro que fosse feita uma reunião online entre o governador e esses mesmos pastores, inclusive os do interior do Estado, pra se discutir e definir uma data para retorno dos cultos presenciais”, explica.

SERVIÇO ESSENCIAL
Para João Batista, o serviço espiritual das igrejas deve ser considerado como essencial. “A pandemia do vírus se transformou em uma pandemia mental e emocionou, gerando medo, angústia e depressão em milhões de pessoas, que precisam de atendimento espiritual. E quem faz isso é a igreja”, avalia Batista.

MEDIDAS DE PRECAUÇÃO 
Evangélico, Joao Batista garante que as igrejas, tanto evangélicas como católicas, estão preparadas para voltarem a realizar seus cultos e missas com segurança sanitária. “A responsabilidade pra evitar riscos de propagação do vírus é dos próprios líderes e membros. As igrejas estão decididas a ampliarem o numero de cultos e missas na semana, sábado ou domingo, reduzindo consideravelmente o número de pessoas por reuniões. Assim como terem todos os cuidados necessários como oferecer o álcool em gel, pias e também organizar o devido distanciamento nos assentos. E claro, todos os membros usando máscara”, acrescentou.

2 pensou em “João Batista Matos sugere que governador faça reunião online com pastores

  1. Não é, e nunca será serviço essencial, nunca ouvir falar que alguém morreu porque não foi ao culto ou a missa, esses pastores tão tudo doido que volte por causa do dizimo e das ofertas.

Deixe uma resposta