Luciano Huck quer dialogar com Flávio Dino

Único eventual candidato de centro à Presidência a focar em desigualdade social, sendo até enquadrado como “liberal progressista”, o empresário e apresentador Luciano Huck quer se aproximar também de nomes da esquerda. Um deles é Flávio Dino (PCdoB-MA), governador do Maranhão, informa o Valor. Segundo o conselheiro político dele, Paulo Hartung, a ideia é levar Dino ao Rio, na Casa das Garças, para conversar com o apresentador de TV. Resta saber se o apresentador vai desprezar, ou ser desprezado, nomes do maior partido de esquerda, o PT.

Huck também faz o mesmo movimento em relações a políticos do chamado Centrão. No entanto, o entorno dele está atento aos oportunistas. “É ele se aproximando ou é o DEM e o PSDB que se aproximam dele?”, questionou Leandro Machado, co-fundador do Agora, à publicação.

O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado nas eleições de 2018, afirmou que o apresentador Luciano Huck, cotado para concorrer à próxima eleição, não tem experiência no setor público ou na atividade política. “Não é o momento de mandar um estagiário para a Presidência da República, disse em entrevista a Folha de São Paulo e UOL. “Você passa numa esquina e vê ali aqueles meninos fazendo malabares, jogando coisas, engolindo fogo. Eu acho aquilo admirável. Mas você entregaria seu filho com apendicite para um malabarista genial fazer a cirurgia dele? Essa é a pergunta que nós temos que fazer. Qual é a credencial? Não é do Luciano Huck. Pelo amor de Deus, chega de mandar estagiário para a Presidência da República.”

Deixe uma resposta