“Não sabem o que fazer com o orçamento de 2021”, disse Flávio Dino sobre governo federal

Em entrevista nesta segunda-feira (9) o governador Flávio Dino voltou a questionar a atitude do Governo Federal em relação à economia brasileira. “Vamos ver o que acontecerá porque o Paulo Guedes está totalmente perdido, ele não tem menor noção do que vai fazer para cumprir a emenda 95”, disse o governador do Maranhão.

Durante a entrevista, ele mencionou que o ano fiscal está acabando, que o orçamento de 2021 ainda não está pronto e que se for cumprir a emenda 95, a do teto de gastos, o país terá o maior corte de despesas de sua história, em relação à questões como saúde, educação e programa sociais.

“Não vai ter dinheiro para tapar buraco de estrada. Eles não sabem o que fazer com orçamento de 2021. Estamos em novembro e não tem Comissão Mista de Orçamento instalada. Isso realmente é o auge da desorientação, pode ser que isso leve, infelizmente, o Brasil a viver uma situação pior ainda. O Paulo Guedes está perdido e o Bolsonaro não está, ele é perdido”, pontuou Dino.

4 pensou em ““Não sabem o que fazer com o orçamento de 2021”, disse Flávio Dino sobre governo federal

  1. Este tal de Flavio Dino não se cansa de ser RIDICULO é um verdadeiro APEDEUTA e PATETICO que acha que sabe tudo e a única coisa que sabe fazer é arrebentar o pobre estado do Maranhão cada vez mais, não vejo a hora deste imbecil deixar de ser governador do Maranhão, esse idiota é uma vergonha para o Maranhão

  2. Quem é Flávio maldade para falar em finanças,depois que ele arruinou a do nosso Maranhão já sofrido. É um verdadeiro palhaço. Uma vergonha para nós maranhenses, e pior é que ele usa a imprensa esquerdopatas de fora do estado, pago com nosso dinheiro,para divulgar mentiras. Mas o seu fim está se aproximando. A vitória de Braide para prefeito de São Luís vai mudar muita coisa.

  3. Triste para o líder do estado mais castigado do Brasil ter uma postura dessa. Fazer parcerias para o melhor para o povo? Seria a maior das utopias. Pouca importa. O que importa mesmo é a ideologia partidária agregada com os interesses pessoais. E quem paga a conta? Ninguem melhor para responder como o povo.

Deixe uma resposta