O governo quis acabar com a EBC no Maranhão, mas….

Uma das primeiras medidas do governo Bolsonaro, logo em janeiro, foi encerrar a programação e produção de conteúdo da EBC no Maranhão, usando a austeridade como justificativa. Mas passados quase dez meses, o governo não economizou absolutamente nada. Pelo contrário.

E o motivo é a falta de planejamento. Desde então, nenhum funcionário foi transferido de lá e os que são cedidos não foram devolvidos a seus órgãos. Ou seja, continuam recebendo salários e benefícios sem que haja demanda de trabalho.

Além disso, o governo ainda não assinou o contrato de cessão do prédio da EBC no estado para o Instituto Federal do Maranhão, que assumiria as despesas mensais de cerca de R$ 4 milhões.

Na última semana, o presidente da EBC, general Pereira Gomes, foi ao prédio entregar certificados de agradecimento aos funcionários. Queixou-se que foi recebido com hostilidade. Lauro Jardim

Deixe uma resposta