Professores de Brejo de Areia realizam grande manifestação contra o prefeito da cidade

Professores da rede municipal de educação de Brejo de Areia, filiados ao Sindicato dos Professores e Funcionários Públicos do Município (Sintrasep), voltaram às ruas  nesta quinta-feira (17) para reivindicar direitos garantidos por lei.

O grupo percorreu diversas ruas da cidade para chamar a atenção da comunidade e cobrar da gestão municipal o pagamento do abono salarial. Segundo informações do Sintrasep, o rateio da sobra do Fundeb é de R$ 18 mil reais  para cada professor.

Além disso, os membros do Sintrasep aproveitaram o movimento para denunciar a situação precária da educação municipal. De acordo com os relatos dos educadores existem no município vários prédios escolares que não foram recuperados e, que estão em péssimas condições, além de faltar constantemente materiais para trabalhar em sala de aula. Ainda segundo as informações, os alunos e professores sofrem com calor intenso, devido muitos ventiladores estarem quebrados, segundo eles, até a água que é consumida pelos educandos e educadores não é filtrada e insuficiente para a demanda.

Ainda conforme o sindicato, antes de realizarem a manifestação, a categoria tentou por diversas vezes contato com administração, mas o prefeito Francisco Alves da Silva (Chico Eduardo) insiste em não receber os membros do Sintrasep para um diálogo.

Lideranças presente no ato :
Professora   Francisca Amorim  presidente do sintrasep.. Professora Cleane Lima (vereadora). Professor Clésio Varão (ex vereador) , Professor Raimundo Amorim (ex-vereador), Professora Jocilene Macedo (ex vereadora), vereador Francisco Penha(Pitica), vereadora Rute Macedo.

Deixe uma resposta