Roberth Bringel toma posse no lugar de Weverton e defende mais políticas públicas de combate à fome no país

Roberth Bringel (União-MA) tomou posse nesta quarta-feira (6) como senador pelo estado do Maranhão. Ele assumiu a cadeira em razão do pedido de licença do senador Weverton (PDT-MA), que ficará afastado da função por 121 dias para se dedicar à campanha eleitoral.

Em seu primeiro discurso, Roberth Bringel, médico e ex-prefeito de Santa Inês (MA), destacou a necessidade de implementação de mais políticas públicas inclusivas para combater a miséria e a fome no país.

—  No tempo em que aqui estiver, me dedicarei às políticas públicas inclusivas para a superação das perversas desigualdades e absurdas injustiças que nos indignam e envergonham — afirmou.

Ele ressaltou que as políticas públicas são apresentadas pelo governo para garantir educação e saúde de qualidade, um meio ambiente sustentável, habitação, assistência social, lazer, cultura, transporte e segurança. Para ele, são dívidas históricas a serem resgatadas, priorizando o investimento permanente em educação em todos os níveis de ensino, para eliminar o analfabetismo e desenvolver capacitação profissional de todos os jovens.

—  Enquanto ocupar esta cadeira no Senado Federal, meu compromisso é com a vida; com a saúde da população; com a ciência, que salva e cura; e com a vacina, que previne a doença. Aqui estarei sempre apoiando cada proposição legislativa que promova e viabilize a alimentação suficiente, os hábitos saudáveis, a moradia decente, a água potável, o saneamento básico, a coleta e o tratamento de resíduos sólidos — destacou.

Raimundo Roberth Bringel Martins entra no lugar de Weverton (PDT-MA), que se licenciou por ser pré-candidato ao governo do estado do Maranhão. Médico, Bringel já foi prefeito de Santa Inês (MA) por dois mandatos.

Fonte: Agência Senado

1 pensou em “Roberth Bringel toma posse no lugar de Weverton e defende mais políticas públicas de combate à fome no país

  1. O Sr. John Cutrin esqueceu de citar a fonte desta matéria que foi integralmente copiada da Agência Senado, que autoriza a publicação somente com a citação da origem.

Deixe uma resposta