Roberto Rocha diz que não declarou apoio a Eduardo Braide e nega que seu filho será vice

O senador Roberto Rocha (PSDB) negou, em resposta ao blog, que o seu filho, Roberto Rocha Jr., seja candidato a vice-prefeito de Eduardo Braide. “Isso é uma bobagem sem tamanho”, afirmou.

Rocha e o filho estiveram presentes no ato de filiação do deputado Eduardo Braide ao Podemos que ocorreu nesta sexta-feira (29), em um hotel de São Luís.

“Participei do ato de filiação do Eduardo Braide como convidado, em dupla condição. Presidente de um partido aliado do Podemos no Senado, não poderia deixar de prestigiar um colega senador. Não posso recusar o convite de um colega parlamentar, deputado Eduardo, do meu estado, para participar de sua filiação a um partido amigo”, justificou. “Além disso, trata-se de filho de um grande amigo do meu pai, que foi inclusive seu secretário de estado, Carlos Braide”, completou Roberto em conversa com o blog.

Segundo apurou o blog, o vice de Eduardo Braide será indicação do PL. O deputado federal Josimar Maranhãozinho não esteve presente, mas o partido foi representado pelos deputados Hélio Soares, Pastor Gildenemyr e Junior Lourenço. Além do PL, Braide deve contar com o apoio do PMN, Patriota e possivelmente o Avante.

O senador negou também que tenha declarado apoio à candidatura de Eduardo Braide a prefeito de São Luís. “Não é verdade que declarei apoio ao candidato do Podemos, e nem poderia fazê-lo já que a orientação nacional do meu partido é ter candidato próprio em todas as capitais”, assinalou Rocha.

No evento estiveram presentes o senador Álvaro Dias, a presidente nacional do Podemos, Renata Abreu, e também o ex-governador José Reinaldo Tavares, o ex-deputado Aderson Lago, os vereadores Aldir Jr., Marcial Lima, Sá Marques, Estevão Aragão e César Bombeiro.

Para receber notícias clique no sino vermelho que aparece ao lado e inscreva-se no nosso site.

Deixe uma resposta