Roberto Rocha diz que querem o intrigar com Josimar Maranhãozinho

O senador Roberto Rocha classificou como uma tentativa de intriga a publicização das declarações dadas pelo deputado Josimar Maranhãozinho e seu sobrinho, o vereador Aldir Jr. acerca da entrada do ainda senador tucano no PL e de sua hipotética candidatura ao governo pelo partido.

“Em 2006 fui eleito o deputado federal mais votado do estado. E qual o município eu tive a maior votação proporcional? Maranhãozinho. E quem era o prefeito que me apoiou? Josimar. Precisa desenhar, comunistas? Ou vão insistir nesta tentativa de intriga idiota?”, afirmou.

Presidente do PL em São Luís, o vereador Aldir Jr. disse que é nula a chance de o deputado federal Josimar Maranhãozinho não ser candidato a governador em prol do senador Roberto Rocha.

“Se o Roberto quiser construir o PL, vai conseguir em menos de dois meses uma candidatura ao governo? Acho inviável”, afirmou Aldir Jr. ao blog do John Cutrim.

O dirigente do PL diz que qualquer negociação para o senador Roberto Rocha entrar no PL será para concorrer a uma vaga no Senado. “Ele tem todas as qualidades necessárias para ser o nome a senador na chapa do Josimar”, declarou.

O deputado federal Josimar Maranhãozinho confirmou, na última sexta-feira, que há o interesse do senador Roberto Rocha entrar no PL e ser candidato a governador. No entanto, segundo o deputado, há oposição por parte de membros do partido ao ingresso de Rocha.

“Ele tem o desejo de entrar no PL e tem tratado com a família do presidente da República, mas tem uma grande discordância do grupo do PL Maranhão, inclusive dos deputados hoje com mandato”, afirmou Maranhãozinho ao jornalista Jeisael Marx no início da tarde no jornal da Difusora(TV Difusora e rádio 94,3FM) desta sexta-feira (18) com Adalberto Melo, Eduardo Ericeira, Keith Almeida e John Cutrim.

Na semana passada, houve um jantar em Brasília na casa do deputado federal Hildo Rocha que contou, além de Josimar Maranhãozinho e Roberto Rocha, com as presenças dos deputados João Marcelo Sousa (MDB), Marreca Filho (Patriota), Edilázio Júnior (PSD) e Josivaldo JP (PTB).

Em vídeo exibido no Jornal da Difusora, Hildo Rocha disse que no jantar foi colocada a proposta de candidatura única da oposição a governador. “O que nós tentamos no jantar foi construir uma chapa única”, disse Hildo.

No jantar, houve a proposta de o senador Roberto Rocha, por está posicionado melhor nas pesquisas, ser o candidato a governador do grupo, restando aos demais nomes oposicionistas e bolsonaristas serem o vice e o senador da chapa. Josimar não aceitou.

O presidente Bolsonaro(PL) e seus filhos receberam as últimas pesquisas realizadas no Maranhão. Eles têm pressionado o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, a lançar o nome de Roberto Rocha ao governo. Josimar já avisou que continua candidato a governador e caso Valdemar opte por Rocha, ele sai do partido e leva prefeitos e deputados para o Avante.

Deixe uma resposta