Um dos hospitais mais caros do país, Sírio-Libanês tem 22 pacientes com Covid-19 na fila da UTI

O Sírio-Libanês, em São Paulo, contabilizava ontem à noite uma fila de 22 pessoas para internação da UTI de Covid do hospital. É a maior fila desde o início da pandemia. Todos os 22 contaminados são de fora de São Paulo.

A UTI do Sírio está lotada, com 50 pacientes. Desses, 38 estão intubados (na quarta-feira, eram 32). Fora da UTI, estão mais 105 pacientes com Covid-19.

O perfil dos pacientes de Covid na UTI vem mudando nos últimos meses. Hoje, é patente o aumento do número de pessoas mais jovens internadas. Lauro Jardim

1 pensou em “Um dos hospitais mais caros do país, Sírio-Libanês tem 22 pacientes com Covid-19 na fila da UTI

  1. O Sírio Libanês é conhecido por ser o hospital onde os políticos têm atendimentos de primeiro mundo pagos com recursos públicos enquanto o povo amarga na fila do SUS. Quanto a Covid, com a vacinação capegando graças ao negacionista do Planalto, e a irresponsabilidade de parte da população que tb é negacionista porque acha que Bolsonaro “tem” razão, o Brasil ainda terá que enterrar mais alguns milhares de mortos pela Covid, pois o vírus ñ vai se arrefecer com as pessoas o encarando de peito aberto como quer o pseudopresidente, medidas de prevenção, uso de máscaras e distanciamento social é o que se pode fazer para conter o avanço da doença enquanto toda a população não for imunizada.

Deixe uma resposta