“União da Democracia”, diz Márcio Jerry sobre apoio à Rodrigo Maia na Câmara

“Juntos os partidos de oposição reagem à tentativa de Bolsonaro de anexar a Câmara aos interesses do Palácio do Planalto”.  Foi assim que o vice-líder do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry (MA) definiu a ampla aliança que reuniu 11 legendas para impedir a eleição do líder do Centrão e aliado de Jair Bolsonaro (sem partido), Arthur Lira (PP-AL), para o comando da Casa.

Na noite da sexta-feira (18), liderados pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), PCdoB, PT, PSL, MDB, PSB, PSDB, DEM, PDT, Cidadania, PV, e Rede anunciaram apoio ao candidato a Maia e ao candidato que será definido pelo bloco. Os nomes mais cotados estão o de Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) e de Baleia Rossi (MDB-SP).

“Juntos os partidos de oposição reagem à tentativa de Bolsonaro de anexar a Câmara aos interesses do Palácio do Planalto. Movimento de unidade que vai crescer e construir uma vitória histórica para a democracia. Sigamos juntos, venceremos. E viva a União da Democracia e da Liberdade! Viva!!”, saudou o deputado.

Criada com o objetivo de organizar a resistência à agenda ultraliberal e neocolonial do atual governo, a aliança também é uma resposta aos ataques às instituições, como o parlamento e o Supremo Tribunal Federal (STF), frequentemente liderados pelo bolsonarismo.

1 pensou em ““União da Democracia”, diz Márcio Jerry sobre apoio à Rodrigo Maia na Câmara

Deixe uma resposta