Ação do Projeto Cuidar + leva serviços de Saúde do Homem em alusão ao Novembro Azul

Uma ação do Projeto Cuidar + levou, neste sábado (27), ao Parque do Bom Menino, serviços gratuitos na área da saúde, com o objetivo de promover o bem-estar social da população masculina, em alusão ao Novembro Azul, mês mundial de combate ao câncer de próstata.

“Esta ação do projeto Cuidar+ tem como principal objetivo despertar na população masculina a importância do cuidado com a saúde. Sabemos que, por muitas vezes, os homens são os mais relutantes em procurar ajuda médica, devido ao tabu em relação ao exame do toque. Por isso, além dos serviços gratuitos de saúde, estamos oferecendo aconselhamento e abordagens preventivas sobre a doença”, explicou a primeira-dama, Graziela Braide, que coordena o Projeto Cuidar +.

A ação, intitulada ‘Se Cuida, Homem!’, ofertou mais de 10 serviços gratuitos de saúde, como consultas médicas com urologistas, cardiologistas e clínicos gerais; testagem rápida contra doenças sexualmente transmissíveis (HIV, Sífilis, Hepatite B e C), testes rápidos contra a Covid-19 e imunização, com oferta de vacinas contra Hepatite B, Sarampo, Rubéola, Caxumba e Tétano.

Em uma manhã, foram realizados, ao todo, mais de 300 atendimentos médicos e para atender melhor a população. Por meio da iniciativa, também foi feito o encaminhamento de pacientes para outras especialidades que não foram ofertadas no local. As consultas serão realizadas pela rede municipal de Saúde.

Durante o evento, o público presente também teve acesso à práticas integrativas de saúde, como auriculoterapia e psicologia voltada à saúde do homem, aferição de pressão e glicemia, avaliação nutricional com orientação em alimentação saudável, distribuição de preservativos e abordagens preventivas sobre o câncer de próstata.

José Manoel Santos, de 60 anos, foi uma das pessoas que participou da ação realizada pelo Cuidar+. Ele elogiou a iniciativa e ficou satisfeito com o atendimento. “Fiquei muito feliz com a iniciativa, sendo atendido por um serviço de qualidade. É muito bom poder ter acesso, de maneira tão rápida e simples, a serviços de saúde como esse. E o projeto está de parabéns por isso”, frisou o aposentado.

O motorista Delson Vale, 55 anos, soube dos serviços que seriam oferecidos, foi até o Parque do Bom Menino e ainda deu um recado aos homens que deixam de procurar atendimento.

“Eu estou achando uma boa oportunidade para as pessoas que não tem condições de não pagar um médico. Eu todo ano eu faço esse exame, faz dois anos que não faço, devido a pandemia, mas eu estou marcando hoje e voltando ao médico. Os homens precisam acabar com esse preconceito e fazer o exame”, destacou o motorista.

Estiveram presentes no evento, a vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda; os secretários municipais de Desporto e Lazer, Ricardo Diniz; de Meio Ambiente, Karla Lima; de Comunicação, Igor Almeida; de Segurança com Cidadania, Marcos Affonso; da Criança e Assistência, Rosângela Bertoldo e o presidente do Instituto Municipal de Paisagem Urbana, Walber Pereira.

Deixe uma resposta