Adelmo cobra explicações de R$ 20 milhões do recurso da Covid-19 em Caxias e diz que Prefeitura gastou R$ 52 mil com smartphones

O deputado Adelmo Soares (PCdoB) fez uma grave denúncia, nesta terça-feira (6), em relação a utilização, pela Prefeitura de Caxias, dos recursos destinados ao combate ao coronavírus.

De acordo com o deputado, o prefeito Fábio Gentil não prestou conta de R$ 20 milhões recebidos para o enfrentamento à Covid-19. “A última atualização do portal da transparência foi no dia 20 de agosto de 2020. Para onde foi o recurso de R$30.399.648,25? O prefeito precisa responder, só prestou conta de R$ 9 milhões, há um saldo de R$ 20 milhões. E ainda fechou o hospital de campanha”, questionou.

Adelmo revelou que a Prefeitura de Caxias utilizou recursos para a aquisição de aparelhos smartphones.

“Foi comprado 45 aparelhos de celular smartphone ao custo de R$ 52 mil. Aonde o prefeito tem colocado o recurso de Caxias? Foi o governo do Estado que abriu um hospital de campanha com 26 leitos. O prefeito tem que prestar conta de R$ 20 milhões”, indagou Adelmo Soares.

Veja a denúncia no vídeo acima.

Deixe uma resposta