Aluísio ameaça deixar Lahesio Bonfim sem partido caso apoie Pastor Bel

O presidente estadual do PSC, deputado federal Aluísio Mendes, insinuou que o pré-candidato a governador, Lahesio Bonfim, pode ficar sem partido caso não apoie a reeleição de Roberto Rocha (PTB) ao Senado Federal.

“Como presidente do do PSC Estadual, não só em nome da minha pessoa, mas de todos os filiados do PSC, reafirmo apoio integral à pré-candidatura à reeleição do nosso senador Roberto Rocha, que é sem dúvida nenhuma, a melhor opção para o nosso Maranhão. E aqueles que não se sentirem confortáveis com a decisão da executiva estadual, estão liberados para procurarem outro partido”, disse Aluísio.

O recado de Aluísio veio após Lahesio, na cidade de Balsas, demonstrar mais uma vez publicamente sua preferência pela candidatura do Pastor Bel ao Senado. (veja no vídeo abaixo)

“Preciso daqueles que me acompanhem de verdade e não de mentirinha. Eu ando é com quem quer andar comigo. Se o cara não se sente bem em andar comigo porque eu não tenho dinheiro pro almoço, para a janta , o hotel…”, desabafou Lahesio.

Lahesio, que revelou ter levado um puxão de orelha do deputado Aluísio Mendes por ter andado em carro aberto com Pastor Bel, afirmou que faz questão de apoiar quem não tem vergonha de acompanhá-lo. “Não adianta ficar me recriminando, ‘ah, ele está andando mais o pastor Bel e o candidato é fulano de tal’. Não, o candidato é aquele que não tiver vergonha de mim, aquele que não se envergonha de mim”, disparou.

Caso Lahesio continue apoiando Bel e não Roberto ao Senado, Aluísio pode deixar Bonfim sem partido e sem disputar a eleição de governador.

Deixe uma resposta