Bolsonaro nega envolvimento no caso Marielle e ataca Globo e Witzel: “Patifes, canalhas!”

Em live pelo Facebook, citando a revista Veja, Jair Bolsonaro acusou Wilson Witzel de vazar à TV Globo depoimento do porteiro segundo o qual um dos suspeitos de matar Marielle Franco esteve em seu condomínio horas antes do assassinato. (veja no vídeo acima)

“O sr. só se elegeu governador porque ficou o tempo todo do lado dos meus filhos. O seu objetivo é de nos destruir”, disse Bolsonaro, atribuindo a reportagem à tentativa de Witzel de se eleger em 2022 — o depoimento do porteiro está em investigação da Polícia Civil.

Direto da Arábia Saudita, bastante nervoso, Bolsonaro também bateu forte na Globo.

“Vocês, TV Globo, o tempo inteiro infernizam a minha vida, porra! […] Agora, Marielle Franco, querem empurrar pra cima de mim? Patifes, canalhas, não vai colar! Não devo nada a ninguém”, disse.

“Vocês querem arrebentar com o Brasil. Estava muito bem com governos anteriores, mamavam bilhões de estatais. Acabou a teta, não tem dinheiro mais público para vocês”, afirmou.

Disse que, em 2022, quando vence a concessão da emissora, o processo de renovação deverá estar “limpo” para ser aprovado. “Não vai ter jeitinho para vocês”, disse.

Deixe uma resposta