Cabral comete irregularidade e Justiça dá direito de resposta a Felipe dos Pneus em programa eleitoral

Durante o horário eleitoral na TV na noite desta sexta-feira, 6, os eleitores de Santa Inês testemunharam algo que pode ser considerado, no mínimo, inédito. Ou, pelo menos, ninguém lembrava de algo assim. A justiça eleitoral determinou que o candidato Cabral (PL) cedesse direito de resposta a seu oponente, Felipe dos Pneus (Republicanos).

Desta vez, Cabral fez acusações consideradas falsas, ou seja, fake news para tentar denegrir a imagem do deputado e candidato a Prefeito, Felipe dos Pneus. Pegaram um trecho de um pronunciamento de Felipe e tentaram deturpar ou tentaram fazer as pessoas acreditarem que Felipe teria tido algo, que na verdade, não foi nada disso. De acordo com a lei, este tipo de ação de tentar enganar o telespectador é chamado de trucagem.

O direito de resposta teve duração de 1 minuto e 54 segundos. Esse foi o mesmo tempo que Cabral usou na tentativa de “queimar o filme” de Felipe para a população. Então, de forma muito justa, Felipe pôde fazer valer a verdade como direito de resposta.

Em sua mensagem, dentro do programa do adversário, Felipe disse que “respeita toda a história de doutor Cabral, mas acredita que agora é um novo tempo em Santa Inês e vai seguir esse novo tempo com o povo, um tempo de desenvolvimento”.

Cabral já foi prefeito de Santa Inês por 3 mandatos. Teve 2 mandatos de deputado estadual e com exceção de Ribamar Alves, que governou de 2013 a 2016, todos os outros prefeitos foram indicação de Cabral. Atualmente, o filho dele, Marcelo Cabral, é o vice-prefeito de Santa Inês. Isto é, desde 1989 Cabral está no poder. E a única conclusão, no mínimo sensata, é que ele está no poder há 30 anos, direta ou indiretamente. Tem uma crença popular que diz que ‘o poder cega’.

Somente neste pleito, a Justiça Eleitoral já suspendeu programa eleitoral dele e também apreendeu veículos fazendo propaganda irregular. O mundo mudou, e quem não acreditar nisso corre o risco de ainda se achar que pode tudo e desafiar a lei. Mas, com o avanço tecnológico, a Justiça tem ficado cada vez mais de olho para combater irregularidades de quem duvidar dela.

Portanto, o eleitor de Santa Inês tem um grande índice para considerar na hora de votar. O eleitor pode escolher alguém que queira realmente trabalhar livremente pelo povo ou escolher seguir os mesmos moldes que já vêm sendo praticados há muito tempo.

Dia 15 está bem aí. E será um momento histórico em Santa Inês… O que esse blog pode dizer a você, eleitor, é: analise bem em quem você pretende votar. Seu voto tem o poder de desenvolver ou manter a situação do seu município. E lembre-se que o que é verdadeiro sempre prevalece!

Deixe uma resposta