Felipe Camarão representará contra Wellington do Curso por quebra de decoro e falsificação/adulteração de documentos

O secretário de Educação, Felipe Camarão entrará com representação no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Maranhão contra o deputado Wellington do Curso(PSDB) por quebra de decoro. “Ataques políticos tem limites. O insignificante Wellington, deputado que NUNCA FEZ NADA pelo Maranhão, NADA pela educação, só acusa, mente, difama e calunia. Vai responder por isso”, anunciou Camarão.

Em discurso nesta quarta-feira(9) na Assembleia Legislativa, o deputado Wellington do Curso denunciou que Silvana Maria Lopes, esposa do presidente do O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão (SINPROESEMMA), Raimundo Oliveira, ganha R$ 14.000,00 mil na SEDUC. “Qual explicação para esse contracheque turbinado de R$ 14.000,00 mil se o salário teto do professor não ultrapassa R$7.00,00 mil reais? Por que da turbinação do contracheque da esposa do presidente do SINPROESEMMA do Estado do Maranhão?”, questionou.

O blog questionou o secretário Felipe Camarão acerca das denúncias feitas pelo deputado Wellington do Curso.

O titular da Seduc disse que há fortes indícios da prática de crimes de falsificação/adulteração de documentos por parte do deputado Wellington. “Mentiu criminosamente, há indícios graves de que ele fraudado”, afirmou.

Na verdade, ao acessar o portal da transparência, a remuneração da esposa do presidente do Sinproesemma não é de de R$ 14.000,00, conforme apontou o deputado, mais sim de R$ 7.867,79, conforme pode ser acessado clicando aqui Portal da Transparência do Governo do Estado do Maranhão

Professora de IV 40h, o último contracheque de Silvana Maria Lopes, do mês de fevereiro, consta o valor bruto de 7.867,79 de rendimento, conformando o que está publicado no portal da Transparecia. Confira aqui Contracheque Fevereiro_02_2022

Ou seja, dados oficiais demonstram o contrário do que foi denunciado pelo deputado.

1 pensou em “Felipe Camarão representará contra Wellington do Curso por quebra de decoro e falsificação/adulteração de documentos

  1. Pingback: Felipe Camarão representará contra Wellington do Curso por quebra de decoro e falsificação/adulteração de documentos - Blog do Daby SantosBlog do Daby Santos

Deixe uma resposta