“Já viram foguete dando ré?”, diz Weverton sobre recuar de candidatura ao governo. Veja o vídeo

Durante coletiva nesta sexta-feira (13) em Imperatriz, o senador Weverton (PDT) confirmou sua pré-candidatura ao governo do Maranhão. Pela primeira vez, o senador anunciou oficialmente que concorrerá à sucessão do governador Flávio Dino.

“Gosto muito do Flávio Dino, é meu amigo, ele tem o reconhecimento de todos nós pelo trabalho que ele fez pelo Maranhão, só que eu quero ser candidato de baixo para cima, eu quero o apoio dele, mas de verdade quem vai me apoiar e me eleger é o povo do Maranhão”, afirmou Weverton.

Pré-candidato a governador pelo PDT, Weverton falou que quer o apoio tanto de Ciro Gomes, presidenciável do seu partido, quanto de Lula. Na ocasião, o senador aproveitou para lembrar da sua relação com o petista.

“Quero o apoio do Ciro Gomes, quero o apoio do Lula. Eu tenho legitimidade para pedir. Quem foi amigo de verdade do Lula nos momentos difíceis fui eu, enquanto muitos abandonaram. Eu desafio qualquer pré-candidato a mostrar uma mensagem na rede social, uma mensagem feita em público para denunciar a prisão, no meu ponto de vista, injusta do Lula. Eu quero que um pré-candidato mostre alguma defesa pública que tenha feito dessa agenda. Agora que ele saiu ‘por cima da carne seca’, está liderando as pesquisas, está bem, tem gente que virou esquerdista, lulista, mas o povo sabe de verdade quem é quem”, declarou.

Questionado pelos jornalistas se poderia recuar da sua candidatura ao governo do Maranhão, Weverton foi enfático: “Se eu vou recuar? Eu pergunto, vocês já viram foguete dando ré, então vamos para frente, que o Maranhão tem pressa e quer ser feliz”, finalizou.

1 pensou em ““Já viram foguete dando ré?”, diz Weverton sobre recuar de candidatura ao governo. Veja o vídeo

  1. Não tem meu voto
    Precisa compreender que ainda não é a sua hora
    Tem um longo mandato de senador pela frente, nada a perder
    É praticamente impossível flavio dino dizer Não para carlos brandao que passou 8 anos esperando pacientemente

Deixe uma resposta