Prefeitura de São Luís ultrapassa a marca de 1 milhão de doses de vacina aplicadas contra a Covid-19

Com destaque nacional na celeridade com que avançou na Campanha Municipal de Vacinação contra Covid-19, a Prefeitura de São Luís ultrapassou, nesta quinta-feira (12), a marca de 1 milhão de doses aplicadas e atualmente é a única capital brasileira que já vacinou, pelo menos com a primeira dose ou dose única, todas as faixas etárias da população em geral a partir dos 12 anos, atingindo cobertura de 99,2%. Dando continuidade à campanha, a gestão do prefeito Eduardo Braide segue com a aplicação das segundas doses e fazendo novas chamadas para quem perdeu a data da vacinação.

“Tenho dito sempre que só venceremos a pandemia por meio da vacina no braço. Aqui em São Luís, começamos a trabalhar desde o início da nossa gestão. Montamos um Plano Municipal de Vacinação que nos garantiu avançar com organização e celeridade na aplicação das doses recebidas. Quando a variante Delta foi confirmada em nossa cidade, dialogamos com o Ministério da Saúde para recebermos doses extras e realizar a vacinação em massa. Agora, reforço à nossa população sobre a importância de tomar a segunda dose e continuem com as medidas de proteção”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

Um milhão de doses

Com a marca precisa de 1001.986 de doses de vacinas aplicadas – somadas as primeiras e segundas doses das vacinas Coronavac, AstraZeneca e Pfizer, além da dose única do imunizante Janssen – São Luís atingiu 99, 2% de cobertura vacinal da população em geral a partir de 12 anos, sendo a única capital brasileira a atingir esse resultado na campanha de vacinação contra o novo coronavírus.

A campanha na capital vacinou, em primeiras doses, um total de 757.986 unidades e 243.980 em segundas doses ou doses únicas, conforme Vacinômetro do dia 12 de agosto, divulgado nas redes sociais oficiais da Prefeitura. Desse total, mais de 92 mil doses foram aplicadas em adolescentes de 12 a 17 anos.

O secretário Municipal de Saúde, Joel Nunes, destacou que o bom desempenho de São Luís é fruto da preocupação que o prefeito Eduardo Braide teve muito antes de assumir a gestão. “Mesmo antes de assumir a Prefeitura no início deste ano, o prefeito Eduardo Braide teve o cuidado de reunir os profissionais que integrariam sua equipe de Saúde para debater a melhor estratégia de vacinação. E desde o início da campanha temos analisado nossa capacidade de vacinação conforme cada público e etapa, o que garante que a nossa população seja atendida de maneira mais rápida e confortável”, disse.

A Campanha Municipal de Vacinação contra Covid-19 começou dia 19 de janeiro em São Luís. Na ocasião do lançamento, a técnica de enfermagem Domingas Ramos Alves, 49 anos, foi a primeira ludovicense a ser vacinada durante ato simbólico realizado no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), Centro, marcando o início da imunização dos profissionais da saúde, conforme determinava o Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde.

Recordes

Com todas medidas do Plano Municipal de Vacinação, São Luís bateu diversos recordes de aplicação de doses diárias de vacina, chegando a ultrapassar a marca de 22 mil doses em um único dia.

Graças ao planejamento e organização, a imunização avançou com celeridade e em pouco mais de sete meses de gestão, o prefeito Eduardo Braide tomou a dianteira nacional já tendo encerrado a aplicação de primeiras doses na população adulta em geral, a partir de 18 anos no dia 22 de junho.

A partir de 13 de julho, os adolescentes começaram a ser convocados à medida que doses da vacina Pfizer – única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso neste público – chegassem à capital. Etapa esta vencida dia 6 deste mês.

Deixe uma resposta