Maranhão é o sexto estado do país com maior saldo de contratações, destaca nota do Imesc

Nos 10 primeiros meses de 2020, o Maranhão foi o sexto estado do país com maior saldo de contratações, aponta a Nota de Mercado de Trabalho, referente a outubro de 2020, publicada nesta segunda-feira (14), pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (SEPE). A publicação apresenta dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Em relação ao Nordeste, o Maranhão ocupou o primeiro lugar entre os estados que mais abriram vaga no período de janeiro a outubro de 2020, totalizando 18,8 mil vínculos. O presidente do Imesc, Dionatan Carvalho, avalia que: “esse resultado muito se deve ao destaque das micro e pequenas empresas na economia maranhense, já que das 18 mil contratações do ano, 10 mil foram de responsabilidade dessas empresas. Com isso, o Maranhão chega ao maior resultado desde 2013, em relação ao número de vínculos empregatícios por ano”.

Nos dez meses do ano, os cinco grupamentos de atividades registraram saldo positivo: Serviços (+7,0 mil vínculos); Construção (+4,9 mil vínculos); Comércio (+2,8 mil vínculos); Indústria Geral (+2,0 mil vínculos) e Agropecuária (+1,9 mil vínculos). No que se refere ao perfil das vagas geradas no ano, destaca-se a criação líquida de 2.922 empregos de pessoas com Ensino Superior Completo.

Acesse a Nota completa em: http://imesc.ma.gov.br/portal/Post/view/mercado-de-trabalho/404

Deixe uma resposta