Moro sobre candidatura: “Eu acho improvável, entendeu. Agora o futuro, né… O futuro é distante”

Em entrevista ao programa Poder em Foco, do SBT, Sergio Moro disse que teria o dever de apoiar Jair Bolsonaro em uma provável tentativa de reeleição do atual presidente.

“Veja, eu fui convidado a participar do governo do presidente Jair Bolsonaro. Eu estou como ministro da Justiça. Estou realizando esse trabalho no âmbito da política do governo. O presidente manifestou o desejo de buscar a reeleição. E se isso acontecer mesmo, evidentemente, como parte do governo, eu tenho dever até de lealdade [de apoiá-lo].”

E Moro candidato? Ele respondeu assim:

“Eu acho improvável, entendeu. Agora o futuro, né… O futuro é distante. Agora, certamente, jamais concorreria contra o presidente Jair Bolsonaro, se ele for realmente candidato à reeleição. Mas como se diz assim, não existe nenhum demérito na política. A política é uma das atividades mais nobres. Agora, tem que se ter um determinado perfil. Eu não sei se tenho esse perfil.”

E mais:

“Eu não tenho esse perfil político-partidário. As pessoas fazem uma série de especulações, mas, na minha avaliação, tenho um perfil mais técnico. Não de juiz, pois já estou fora da carreira. Mas eu estou tentando realizar um trabalho relevante, numa área que eu, modestamente, humildemente, avalio que tenho algum conhecimento, que é na área da Justiça e da Segurança Pública.” O Antagonista

1 pensou em “Moro sobre candidatura: “Eu acho improvável, entendeu. Agora o futuro, né… O futuro é distante”

Deixe uma resposta