“Não tô nem aí para a Lei Maria da Penha. Ninguém agride ninguém de graça”, diz juiz em audiência

“Se tem lei Maria da Penha contra a mãe, eu não estou nem aí. Uma coisa eu aprendi na vida de juiz: ninguém agride ninguém de graça”, assim afirmou um juiz que presidia audiência online. O caso trata-se de um processo de alimentos com guarda e visitas aos filhos menores de idade em uma vara da Família de SP.

As identidades foram preservadas porque o processo tramita sob segredo de justiça.

O absurdo não parou por aí. Mais adiante o juiz diz:

“Qualquer coisinha vira Maria da Penha. É muito chato também”. O magistrado revelou ainda que já tirou a guarda de mãe que cerceou o acesso do pai à criança, sem o menor constrangimento. “Já tirei e posso fazer de novo, não tenho nenhum problema quanto a isso”.

Em outro momento da audiência, o juiz menospreza as medidas protetivas.

“Eu não sei de medida protetiva, não estou nem aí para medida protetiva e estou com raiva já de quem sabe dela. Eu não estou cuidando de medida protetiva.”

Segundo o portal Papo de Mãe, da UOL, uma das partes, a mulher, é vítima do ex-companheiro em um inquérito de violência doméstica, com base na Lei Maria da Penha. E, por duas vezes, ela já precisou de medida protetiva, tendo sido atendida na Casa da Mulher Brasileira de São Paulo. Do UOL

Deixe uma resposta