O desconhecimento vergonhoso dos adversários de Diego Sá; Conselho Federal da OAB confirma que pardo é igual a negro

Os advogados Thiago Viana e Sâmara Braúna fizeram observações importantes sobre a polêmica infundada criada em torno da cor do candidato à presidência da OAB/MA, Diego Sá.

Por falta de desconhecimento ou má-fé, adversários questionaram o fato de Diego Sá ter se apresentado como negro em um discurso e na ficha do registro de candidatura na OAB constar como “pardo”.

Para que não paire dúvidas, o próprio Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil reconhece que se identifica como negro(a) os que se reconhecem preto(a) ou parda(a).

Imagem

“Inacreditável o desconhecimento sobre um critério que o IBGE e a política de ações afirmativas utilizam. Esse “questionamento” só reforça necessidade das cotas para negros nas chapas da OAB, sobretudo como titulares”, afirmou Thiago Viana, doutorando e professor na UNDB.

A advogada Sâmara Braúna, uma das mais conceituadas do Maranhão, foi mais direta. “Pardo é negro que não tem a pela preta. Pardo e preto = negro. Precisa desenhar?”, ironizou.

Fica o questionamento: como advogados querem comandar a OAB se simplesmente desconhecem conceitos básicos de raça?

Deixe uma resposta