OAB/MA: Em evento para advogadas, Diego Sá debate sobre paridade de gênero e fala de avanços para mulheres na CAAMA

Encontro promovido pelo movimento “Nossa Voz é a Ordem”, nesta terça-feira (03), em São Luís, reuniu advogadas para debater pautas relacionadas à paridade de gênero, uma das grandes conquistas das mulheres para a eleição da OAB/MA que deve ocorrer em novembro.

Convidado especial e único homem presente, o advogado e presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão (CAAMA), pré-candidato à presidência da Seccional Maranhão, Diego Sá, esteve presente no evento, contribuiu com o discurso em prol da classe feminina da advocacia e destacou conquistas efetivadas durante sua gestão na CAAMA.

“O movimento ‘Nossa Voz É a Ordem’ defende que a mulher advogada tenha voz, vez e acolhimento. E durante nossa gestão, a CAAMA implementou uma rede de apoio muito ampla para mulheres advogadas de nosso Estado, tais como: benefícios pós-parto à profissional que acabara de ter um filho, recebendo de forma integral o valor de sua anuidade. Estabelecemos o projeto ‘Bem Nascer’, que consiste em prestar auxílio às futuras mamães e papais que passam pela marcante fase de gestação, parto e pós parto disponibilizando cursos, oficinas e acompanhamento personalizado”, elencou o pré-candidato a presidente da OAB/MA.

A advogada e Secretária Geral da OAB, Ananda Farias, fez sua pontuação durante o evento e pediu para o futuro presidente “não mudar, não esquecer das mãos que lhe ajudarão a sair vitorioso do pleito, a não inverter pauta.  Primeiro fazer gestão e deixar a política para o último momento. Primeiro mostre trabalho e não persiga ninguém! Eu digo para aquelas colegas que estão cansadas com o atual cenário: não saiam da luta. Poderia estar satisfeita com o cargo de Conselheira Federal, mas preferi lutar e não vou me envergar nunca ao erro!”, disparou.

De acordo com a advogada Cristiane Ribeiro, vice-presidente da Caixa de Assistência dos Advogados e responsável pela abertura do evento, a ideia é não apenas discutir equidade, mas implementar democracia e representatividade, por meio da garantia de igualdade, dentro da seccional maranhense.

Já a juíza titular do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, Anna Graziella, falou da perseverança feminina para avançar nas pautas importantes da advocacia.

“A partir do momento que a gente faz um trabalho sério, todo mundo percebe. Tenha um objetivo, trace sua meta, seja ético, leal, seja incansável, lute pelo que você acredita, faça o melhor que você tiver e o resultado virá, mais cedo ou mais tarde. É assim que eu pauto minhas lutas e assim que eu gostaria de ver em um presidente da OAB-MA.”, afirmou.

Especialista em Direito Penal e terceira colocada na eleição da OAB/MA em 2018, Sâmara Braúna falou da importância do movimento Nossa Voz é a Ordem e reafirmou seu apoio ao pré-candidato Diego Sá, que se sensibiliza à causa da paridade.

“Estamos criando uma onda que só cresce e esse movimento é tão estimulador, exatamente por nós termos um pré-candidato que muito nos representa, não só pela sua vida profissional, mas pela sua própria essência. O que também me fez aderir e afirmar esse apoio foram duas credenciais que eu sei que ele vai levar para a OAB retornar a ser A Casa de Todos. Dr. Diego Sá não é vaidoso. Ele é humilde, simples, tem um projeto que é o meu sonho de levar a inclusão. Dr. Diego Sá também está sintonizado com as pautas de paridade de gênero. Portanto, estou aqui para reafirmar nosso compromisso e lutar pela OAB que nós merecemos. A OAB não merece o que está acontecendo com ela”, disse.

O evento, o primeiro direcionados as mulheres e promovido pelo movimento Nossa Voz é a Ordem reuniu dezenas de advogadas dos municípios da Grande Ilha.

Deixe uma resposta