Prefeito de Caxias vai entrar em aventura que Chico Leitoa e Socorro Waquim se deram mal

Com uma oposição fragilizada após seu adversário, Adelmo Soares, ser derrotado nas urnas por uma lavagem de votos (Fábio tirou 78% dos votos contra 13% de Adelmo), o prefeito de Caxias, Fabio Gentil está decidido a lançar uma candidatura de deputado federal da família. O nome escolhido par a missão foi o da filha, Amanda Gentil.

A ideia do gestor é recompensar a perda do pai que ele elegeu deputado estadual em 2018, mas o perdeu para a Covid-19 no passado.

Lançar e apoiar uma candidatura de deputado federal sempre foi um peso para qualquer prefeito do Maranhão. Em Timon nós temos dois exemplos clássicos do quanto pesa uma aventura deste tamanho.

O primeiro a experimentar o quanto o fardo é pesado foi o ex-prefeito Chico Leitoa quando elegeu o filho Luciano Leitoa em 2002 o deputado federal mais jovem do Brasil. A árdua batalha vitoriosa de 2002 é apontado pelos mais entendidos em política local como um dos fatores mais importantes para a derrota de Chico Leitoa em 2004 para Socorro Waquim.

Com  Chico Leitoa fora do comando da prefeitura, Socorro Waquim trilhou aventura política semelhante ao trabalhar pesado por duas eleições do marido, Sétimo Waquim para deputado federal. O preço político dessas duas vitórias todos sabem em Timon e não precisa ser expert para perceber o quanto ajudou na pavimentação do caminho que fez Luciano Leitoa chegar a prefeitura em 2012.

Luciano Leitoa fugiu dessa aventura

Se muitos o chamam de pouco político e longe de ser habilidoso nesse quesito como o pai, Luciano Leitoa no que se refere a prudência, coloca o pai no bolso. Cauteloso e meticuloso nas mexidas políticas, o ex-prefeito mesmo sendo presidente estadual do PSB e influente na esfera política estadual até pouco tempo atrás, nunca quis arriscar tal aventura de lançar um deputado federal de Timon para apoiar.

A estratégia dele deu certo, pois nas duas vezes que preferiu apoiar um ou dois federais de fora sempre se deu bem. Foi assim com o ex-governador José Reinaldo Tavares e os deputados Bira do Pindaré e Rubens Júnior.

Os fatos da história política recente com  Chico Leitoa, Socorro Waquim e Luciano Leitoa deixaram ensinamentos quando o assunto é um prefeito de cidade do porte de Timon e Caxias apoiarem um federal tirado de dentro de casa.  Agora é esperar para ver como a história vai se comportar com a situação do atual prefeito de Caxias Fabio Gentil com o projeto de candidatura da filha Amanda Gentil …

Que venham os novos fatos…(Do site do Elias Lacerda)

Deixe uma resposta