Prefeitura de São Luís segue com a vacinação de idosos de 74 anos contra a Covid-19, neste sábado (20)

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) seguirá a campanha de vacinação contra a Covid-19, neste sábado (20), atendendo aos idosos de 74 anos, das 8h às 17h, no Centro Municipal de Vacinação (Multicenter Sebrae) no Cohafuma, e no drive-thru da Universidade Federal do Maranhão (Ufma) no Bacanga.

Neste dia, estarão sendo imunizados idosos que nasceram nos meses de julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro, e que já fizeram o cadastro na Plataforma “Vacina São Luís”, disponível no site da Prefeitura (www.saoluis.ma.gov.br).

Pela manhã, das 8h ao meio-dia, idosos nascidos nos meses de julho, agosto e setembro serão imunizados. À tarde, das 13h às 17h, será a vez dos idosos de 74 anos cujos meses de nascimento estão entre outubro e dezembro.

Nesta sexta-feira (19), data em que o Município completou dois meses de campanha contra a Covid-19,  foram recebidas mais 10.190 doses de CoronaVac. Com a chegada das novas doses, a Prefeitura fez o chamamento para a vacinação dos idosos de 74 anos, nascidos de janeiro a junho.

Já na próxima segunda (22), de acordo com cronograma atual estabelecido pela Semus – por meio da Coordenação de Imunização – serão vacinados as pessoas com 73 anos de idade, sendo que pela manhã, podem ir aos locais de vacinação, idosos nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março. Na parte da tarde, as equipes atenderão aos nascidos em abril, maio e junho.

O calendário segue no dia 23, com idosos na mesma faixa etária, divididos nos turnos matutino (data de nascimento em julho, agosto e setembro) e vespertino (outubro, novembro e dezembro). Mais informações da imunização na capital podem ser obtidas nas redes sociais oficiais (Instagram e Twitter) da Prefeitura de São Luís.

Para o secretário de Saúde de São Luís, Joel Nunes, a inclusão de novas idades na cobertura vacinal reforça o compromisso da administração municipal em contemplar o máximo possível de pessoas com a campanha. “As pessoas acima dos 70 anos de idade fazem parte de um público que deve ser priorizado. Estamos tendo uma boa vazão das vacinas, com meta ultrapassando os 90%, ou seja, o que chega é rapidamente aplicado. Vamos avançando na medida em que novas remessas de lotes chegam à cidade”, disse.

Deixe uma resposta