Presidente do PCdoB Maranhão lamenta morte de Manoel da Conceição

Presidente do PCdoB Maranhão, o deputado federal licenciado e atual secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano do Estado, Márcio Jerry, lamentou, por meio de nota, o falecimento  do líder camponês e fundador do Partido dos Trabalhadores (PT), Manoel da Conceição, ocorrido nesta quarta-feira (18).

Liderança histórica da luta camponesa, Conceição foi vítima da perseguição e da tortura da ditadura militar, tendo sido preso e exilado. Voltou ao Brasil para, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, fundar o PT. Foi candidato a governador de Pernambuco pelo mesmo partido, em 1982. Em 1985, voltou ao Maranhão para organizar o Centro Cultural dos Trabalhadores Rurais, o Centru. Atuando no PT, foi um dos principais dirigentes da legenda no país e também no Maranhão. Além da causa camponesa, dedicou-se à luta ambiental, pauta que defendeu ao lado de trabalhadores rurais durante a militância nacional.

“A morte de Manoel da Conceição representa uma perda imensa para a esquerda brasileira e maranhense. Manoel deixou uma história de luta, de resistência, que nos inspira e nos motiva a seguir lutando. Viva, viva, Manoel da Conceição”, declarou Márcio Jerry.

Pelo Twitter, Jerry também prestou homenagem. “Manoel da Conceição Santos, o guerrilheiro do verbo amar.  Deixa uma história de lutas, resistência, exemplos, muitos exemplos. Amigo, companheiro ! Partida do Mané faz de hoje dia triste para todos nós e dia de dizer  Manoel da Conceição, presente!”, escreveu.

Mané, como era carinhosamente chamado, faleceu em Imperatriz (MA), de broncopneumonia, ao final de longa internação e luta pela vida.

Deixe uma resposta