Presidente Dutra: Recém-nascida morre após parto em Hospital Municipal Eligio Abath; família diz que foi demora no atendimento

Os familiares da pequena Laura nascida nesta quinta–feira (16/04), no Hospital Municipal Eligio Abath de Presidente Dutra, estão indignados com o falecimento da criança. A falta de atenção e a demora na realização do parto, seria a causa da morte da criança segundo relatos da família.

Ainda de acordo com familiares a mãe deu entrada pelo menos duas vezes no hospital antes de ser atendida para a realização do parto. No primeiro atendimento a mesma foi avaliada e enviada de volta pra casa. Com dores, a mãe da pequena Laura teve que voltar para o hospital.

A família informou quando foi admitida a sua entrada no hospital para realização do parto, a parturiente identificada como Emanuella Gois Côrrea de 18 anos, só foi atendida cerca de 10 horas depois, e sempre sendo informada que o parto seria normal. Durante a noite a mãe foi submetida a vários testes de toque para verificar a dilatação. A avó preocupada disse a equipe médica que sua filha não teria condições de ter um filho normal, mas os médicos, segundo ela, insistiram e deram inicio ao procedimento de parto.

Ainda de acordo com o que foi relatado pela família, durante o parto normal algo teria dado errado e todo procedimento foi alterado, onde esse foi fator determinante para o óbito da criança, que ainda chegou a ser encaminhada para uma maternidade na cidade de Colinas distante cerca de 100 km de Presidente Dutra, mas acabou não resistindo na tarde desta sexta–feira (16/04). Ainda conforme informações de familiares, a criança faleceu devido à ingestão de mecônio (fezes do feto).

Em vários áudios que circulam em redes sociais, uma familiar da vitima relata toda a situação e cobra justiça por parte das autoridades do município onde segundo a mesma, o fato teria sido negligencia por parte da equipe do hospital municipal de Presidente Dutra.

Os familiares estão realizando o velório da criança na residência da família e já registraram Boletim de ocorrência na delegacia local onde o caso já está sendo investigado. Esse já é o terceiro óbito em procedimentos de partos em 2021 no hospital municipal de Presidente Dutra. (Do site Malagueta Notícias)

Deixe uma resposta