Queixa-crime de Dino contra Bolsonaro será julgada pelo plenário do STF

O ministro do STF Marco Aurélio enviou para votação em plenário a queixa-crime do governador do Maranhão, Flávio Dino, contra Jair Bolsonaro.

A votação será virtual entre os dias 7 e 14 de maio.

Dino reclamou ao STF por Bolsonaro ter dito numa entrevista que cancelara uma viagem ao Maranhão porque foi negado pelo governo estadual um pedido do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) para que a Polícia Militar fizesse a sua segurança. Dino afirma que é mentira.

1 pensou em “Queixa-crime de Dino contra Bolsonaro será julgada pelo plenário do STF

Deixe uma resposta