Vídeo: Presidente nacional do PT e filha são hostilizadas em hotel no Rio

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, sua filha e o ex-senador Lindbergh Farias foram hostilizados, ontem (29), em um hotel no Rio de Janeiro. Eles deixavam o lugar quando um grupo de pessoas gritou e ofendeu o trio. Em um vídeo postado nas redes sociais da deputada é possível ver pessoas gritando “vai para Cuba” e a deputada respondendo “você vai para o inferno”.

Gleisi escreveu que está coletando imagens do ocorrido e acionou sua equipe jurídica. “Eu sou da paz, e política pra mim é confronto de ideias, não físico, como pretendem eles. Respondi às agressões porque não aceito e não podemos aceitar esse método fascista de intimidação, pregado e estimulado pelos Bolsonaro”, escreveu.

Em outubro do ano passado, o deputado José Guimarães (PT-CE) também foi hostilizado durante um voo de Fortaleza para Brasília. Com a repercussão do caso, parlamentares de diferentes partidos prestaram solidariedade, inclusive o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Deixe uma resposta