Notas Rápidas

Brandão, Leite e Lula

Imagem

Foto: Giovana Kury

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite esteve na noite desta sexta-feira, em São Luís, para receber o apoio do PSDB maranhense na disputa das prévias que escolherá o candidato à Presidência da República do partido. Durante o ato em um hotel da capital, o vice-governador Carlos Brandão disse em seu discurso que apoia Leite nas prévias, porém evitou declarar voto ao gaúcho para a Presidência.

Fator Lula

A fala mais comedida de Carlos Brandão tem a ver com Lula (veja que no vídeo acima Brandão fala primeiro em prévias e, depois, em outro momento discutir o apoio à Presidência). Pré-candidato ao governo, Brandão sonha em ter o apoio de Lula. Vendo que estar no PSDB pode ser um complicador, o plano B de Brandão seria migrar para o PSB, tudo para ter o petista no palanque.

Camarão no PCdoB

Imagem

O pré-candidato a governador do PT, Felipe Camarão foi recebido pela direção do PCdoB nesta sexta-feira. Anfitrião, o presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry analisou de forma otimista a visita: “Ótimo papo sobre conjuntura”, disse Jerry, que é um dos entusiastas da candidatura de Camarão ao governo.

Prefeitura desmente SET

Imagem

Em nota, a prefeitura de São Luís desmentiu o Sindicato das Empresas de Transporte(SET) e disse que ofereceu um auxílio emergencial de R$ 8.250.000 para atender a reivindicação dos rodoviários e pôr fim a greve, que já dura dez dias.

O SET, por sua vez, afirma que a proposta não atende ao pedido de reajuste dos salários dos Rodoviários.

Observa-se que a única proposta que os sindicatos querem e pretendem impor é o reajuste da passagem, por melhor que seja a proposta vinda da Prefeitura. Na verdade querem penalizar a população com o aumento da tarifa. Diante da intransigência e má vontade do SET, o prefeito Eduardo Braide pode decretar calamidade do transporte público e contratar emergencialmente novas empresas para operar na capital.

Auditoria

Auditores do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) iniciaram os trabalhos para a realização de fiscalização, na modalidade levantamento, nos contratos do sistema de transporte urbano do município de São Luís.

Sem definição

Pré-candidatos ao governo da base do governador Flávio Dino afirmaram ao blog do John Cutrim que desconhecem a informação de que está marcado para o dia 20 de novembro a escolha do nome do grupo.

Unidade

Alguns veículos noticiaram que Dino já teria batido o martelo a favor do vice Carlos Brandão e os demais postulantes seriam apenas comunicados nesta reunião. “Desconheço, na verdade o que ficou estabelecido é que teríamos um novo encontro em novembro para discutir o nome de consenso”, disse Simplício Araújo ao blog.

Critérios

Em reunião no meio do ano no Palácio com o colegiado de partidos para definir balizadores que norteariam escolha do candidato a governador, ficou estabelecido critérios que incluem apoio popular/pesquisas, apoio político e capacidade de agregação no grupo e, sobretudo, continuidade das ações do governo.

Gastão deixa o PROS

Depois de ser taxado de inábil e ineficiente pelo presidente nacional do PROS Eurípides Junior, o deputado federal em exercício Gastão Vieira deixará o partido. “Aviso que minha maneira de fazer política, não comporta esse tipo de comportamento. Estou de saída do Pros”, disse. Gastão foi defenestrado da presidência da legenda por não conseguir montar a chapa de deputados que disputará a eleição do próximo ano e outras falhas na condução da sigla.

Senador vitalício

Líderes do Centrão estariam se movimentando para uma verdadeira operação de blindagem em favor de Jair Bolsonaro no pós- 2022. A ideia? Criar o cargo de senador vitalício, ocupado por ex-presidentes, visando dar imunidade parlamentar ao ex-capitão em caso de não reeleição. Parlamentares estariam trabalhando para apresentar em breve uma PEC criando o novo cargo. A cadeira seria honorífica e sem remuneração. Com voz e espaço na tribuna do Senado, mas sem poder de voto.

Deixe uma resposta