Prefeitura de São Luís e parceiros realizam mais de mil procedimentos em ação de saúde no Mercado nas Tulhas

Comerciantes do Mercado das Tulhas, na Praia Grande, tiveram uma manhã diferente nesta quarta-feira (20), quando a Prefeitura de São Luís, em parceria com o Sesc, Sindicato do Comércio Varejista de Feirantes de São Luís (Sindifeirantes) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA), levou diversos serviços de saúde preventiva para os trabalhadores do local. Na ação foram realizados mais de mil procedimentos.

A iniciativa, que faz parte do programa “Saúde nas Feiras”, coordenado pelas secretarias municipais de Saúde (Semus) e de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), será realizada, na próxima quarta-feira (27), no Mercado do Bairro de Fátima.

Durante a ação na Praia Grande, comerciantes e frequentadores do mercado tiveram acesso a uma série de serviços, incluindo medição de pressão arterial, verificação das taxas de glicemia, encaminhamento para consultas médicas, aplicação de vacinas contra a influenza e hepatites virais, teste para Covid-19, entre vários outros serviços.

Seu Rosinaldo Ferreira, comerciante há 30 anos no Mercado das Tulhas, aproveitou a oportunidade para se vacinar contra a gripe. Em setembro do ano passado, durante uma edição anterior do projeto “Saúde nas Feiras”, seu Rosinaldo descobriu ser hipertenso. “Fiz a medição de pressão e deu taxa muito alta. Procurei o cardiologista, fiz vários exames, e acusou o entupimento das veias. Tive que me submeter à cirurgia de angioplastia (desobstrução das artérias). Estou vivo hoje graças a esse projeto”, faz questão de ressaltar o comerciante.

“O projeto Saúde nas Feiras é uma estratégia importantíssima para o Município monitorar e melhorar as condições de saúde dos feirantes, um público que, em razão da dura rotina de trabalho, acaba descuidando da própria saúde”, avalia o secretário da Semus, Joel Nunes. “Indo às feiras, as equipes multiprofissionais do programa conseguem identificar casos silenciosos emergenciais, e providenciar o encaminhamento para consultas e exames especializados”, completou o secretário.

O coordenador de Ações Comunitárias de Saúde da Semus, Júlio César dos Santos, reforça a importância do projeto dentro das políticas públicas de saúde.  “Por meio de ações como o projeto Saúde nas Feiras, o município consegue aprimorar seus principais indicadores de saúde, com destaque para a cobertura vacinal e o controle de doenças graves, como a hipertensão e o diabetes”, explicou o coordenador.

Deixe uma resposta