Direito de Resposta – Paulo Marinho

NOTA

“Li, há pouco, no conceituado blog do John Cutrim nota oficial da deputada Cleide Coutinho onde se refere a mim de forma maledicente, injuriosa, difamatória, caluniosa e mentirosa. Devo respondê-la.; Não participei, nem participo de acordos políticos envolvendo dinheiro e vantagens. A deputada deve saber bem disso. Nas últimas eleições municipais recusei alguns milhões de reais que me foram descaradamente oferecidos pelo falecido esposo da deputada para apoiar seu sobrinho, a prefeito de Caxias. Disse ao deputado Humberto Coutinho que não tinha o hábito de vender apoio político e que iria apoiar Fábio Gentil porque sabia que Caxias queria mudar, como de fato mudou. Minha relação com o prefeito Fábio Gentil é de amizade e respeito não envolve ” negócios” ou “vantagens ” ou qualquer tipo de conversa que envolva esse tipo de prática. Quem me conhece sabe que abomino e repúdio o uso da Prefeitura como moeda de troca para obtenção de vantagens pessoais. Fui comunicado pelo Fábio das condições impostas por Cleide Coutinho para juntar-se a Fábio Gentil em apoio a eleição,, essas nada republicanas, vergonhosas, todas envolvendo cotas de empregos sem concurso para preguiçoso cabos eleitorais acostumados a receber do erário sem trabalhar, secretárias, apoio em Matões etc. Todas recusadas. Não participei da reunião mas sabia que não iria prosperar pois se confirmada estaria o Fábio perdendo o apoio popular em Caxias. Caxias, cidade altiva e de povo culto não tolera mais essa forma pequena e mesquinha de fazer política. Já demonstrou isso nas últimas eleições . Paulinho obteve mais de 31 mil votos para deputado contra pouco mais de 17 mil obtido pela deputada Cleide Coutinho. Fábio engenheiro que é deve saber o que esses números representam. Lamento que a Dra. Cleide ao invés de procurar cuidar da cidade e buscar exercer seu desiderato se preste a publicar notas mentirosas na imprensa tentando assim justificar o fracasso de sua tentativa de voltar ao poder municipal. Buscarei na justiça através da ação adequada reparar os danos que a nota está me causando”.

Paulo Marinho

Deixe uma resposta