Vade retro, Sarney!

O governador do Maranhão, Nunes Freire, tinha ódio de José Sarney, por isso, certa vez, ao receber um telefonema do general Golbery do Couto e Silva, foi logo avisando: “Se é para tentar conquistar o meu apoio ao nome de Sarney para governador, não quero nem falar…” Golbery ficou chateado e se queixou a Armando Falcão, ministro da Justiça, que ligou para Freire: “Você foi indelicado. E se não era sobre Sarney que ele queria falar?” Nunes Freire respondeu: “Eu sei que era isso. Como sei que você só está me ligando para falar sobre Sarney. E nele nem Deus me fala, Falcão. Nem Deus!” (Do Diário do Poder)

Deixe uma resposta