Flávia Alves alerta para a violência política de gênero e a representatividade da mulher nos espaços de poder

A advogada e pedagoga Flávia Alves Maciel defende uma maior representatividade das mulheres na política. Ao disputar pela primeira vez um mandato eletivo como candidata a deputada federal pelo PCdoB, Flávia alerta que as mulheres ainda são minoria nos cargos políticos.

Na Assembleia Legislativa do Maranhão, dos 42 deputados, apenas nove são mulheres. Dos 18 deputados federais e três senadores, apenas uma mulher. “Estamos cansadas! Precisamos de representatividade! As mulheres devem ocupar os cargos de tomada de decisões!”, afirma Flávia.

Flávia Alves ainda alerta para a violência política de gênero, definindo como todo e qualquer ato que possui o objetivo de excluir a mulher do espaço político, seja impedindo, restringindo seu acesso ou induzindo a tomar decisões contrárias à sua vontade.

“As mulheres sofrem violência quando concorrem, já eleitas e durante o mandato. Essa violência é considerada uma das causas da sub-representação das mulheres no Parlamento e nos espaços de poder e decisão, prejudicando a democracia no país”, assinala.

Deixe uma resposta